Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/123456789/102
metadata.dc.type: article
Title: Número de inseminações artificiais por estro em fêmeas suínas: associação com o perfil estral e impacto sobre o desempenho reprodutivo
metadata.dc.creator: Alvarenga, Marcus Vinicius Figueira de
Bianchi, Ivan
Varela Júnior, Antonio Sergio
Calderam, Odirlei
Schmitt, Eduardo
Corrêa, Marcio Nunes
Deschamps, João Carlos
Lucia Júnior, Thomaz
Abstract: Em suínos, é comum realizar múltiplas inseminações artificiais (IA) por estro, em função da longa duração do estro. Este estudo observacional teve o objetivo de verificar a associação entre o número de IA realizadas por estro com a duração do estro e o desempenho reprodutivo subsequente, em uma granja comercial. Após avaliação do perfile estral e da dinâmica folicular por ultrassonografia, por equipes independentes, o número de IA por estro foi registrado, sem interferência no manejo da granja. A primeira IA era realizada no momento da detecção do estro e as IA subsequentes eram realizadas em intervalos de 12 horas, enquanto a fêmea mostrasse sinais de estro. Compararam-se a taxa de parição e o tamanho total da leitegada em função do número de IA por estro. Também foi estimado o risco da realização de mais de 3 IA por estro, em função da duração do estro. A taxa de parição das fêmeas que receberam duas IA (92,0%) foi maior (p < 0,05) do que a observada para fêmeas que receberam três (77,5%) ou quatro a seis IA (79,6%). O tamanho total da leitegada não diferiu (p > 0,05) entre fêmeas que receberam duas, três ou quatro a seis IA (10,6, 12,0 e 12,0, respectivamente). Para as fêmeas com duração do estro superior a 78 horasoras, o risco de receberem quatro a seis IA durante o estro foi 6,1 vezes maior do que o risco para fêmeas com duração do estro inferior a 50 horasoras (p < 0,05) e 3,4 vezes maior do que o risco para fêmeas com duração do estro entre 50 a 74 horasoras (p < 0,05). Ainda que a longa duração do estro permita um maior número de IA por estro, pode-se concluir que um número de IA por estro superior a três não é recomendado, pois não há benefício para o desempenho reprodutivo.
Keywords: Duração do estro
Taxa de parição
Tamanho da leitegada
Suínos
Citation: Alvarenga, Marcus Vinicius Figueira de et al. Número de inseminações artificiais por estro em fêmeas suínas: associação com o perfil estral e impacto sobre o desempenho reprodutivo. Ci. Anim. Bras., Goiânia, v. 11, n. 3, p. 520-526, jul./set. 2010
URI: http://hdl.handle.net/123456789/102
Issue Date: Jul-2010
Appears in Collections:Departamento de Patologia Animal: Artigos de periódicos



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.