Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/123456789/1211
Tipo: doctoralThesis
Título: Imunodiagnóstico da toxocaríase humana com antígeno TES30 recombinante
Título(s) alternativo(s): Imunodiagnóstico da toxocaríase humana com antígeno TES30 recombinante
Autor(es): Telmo, Paula de Lima
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Scaini, Carlos James
Resumo: A toxocaríase humana é uma zoonose difundida em todo o mundo, constituindo-se em um importante problema de saúde coletiva, porém é negligenciada. A diversidade de quadros clínicos associada aos diferentes sítios (fígado, pulmões, cérebro, olhos, gânglios linfáticos, etc.) em que as larvas de Toxocara canis podem se alojar no organismo humano, dificulta o diagnóstico desta parasitose. Neste contexto, métodos imunológicos para a detecção de anticorpos anti-T. canis foram desenvolvidos. Atualmente, o ensaio imunoenzimático (ELISA) associado ao antígeno de excreção e secreção de T. canis (TES), com adsorção prévia de soros com antígeno somático de Ascaris spp., tem sido utilizado como método padrão para pesquisa de anticorpos IgG séricos anti-T. canis. O antígeno TES é obtido a partir do cultivo de larvas de T. canis e demanda, aproximadamente, quatro meses de trabalho dispendioso e fastidioso. Diante do exposto, antígenos recombinantes estão sendo testados, visando o aperfeiçoamento do imunodiagnóstico da toxocaríase humana. Assim, o objetivo deste trabalho foi produzir o antígeno de excreção/secreção de 30kDa de T. canis (TES30) em dois sistemas heterólogos de expressão protéica, e avaliá-los no imunodiagnóstico da toxocaríase humana. As proteínas recombinantes rTES30E e rTES30P produzidas em Escherichia coli e Pichia pastoris, respectivamente, foram caracterizadas através de ELISA-IgG com soros de camundongos infectados experimentalmente, demonstrando 100% de eficácia em comparação ao TES nativo. Na análise dos soros humanos, com ELISA-IgG a rTES30E apresentou sensibilidade e especificidade (IC 95%) de 95,8% e 82,6%, enquanto a rTES30P apresentou 95,4% e 92.8%, respectivamente, em comparação ao TES nativo. Assim, conclui-se que ambas as proteínas recombinantes apresentam potencial antigênico, constituindo-se em uma alternativa ao uso do TES nativo no imunodiagnóstico da toxocaríase humana.
Abstract: The toxocariasis is a widespread zoonosis worldwide, thus becoming an important public health problem. The diversity of clinical conditions associated with the different sites (liver, lungs, brain, eyes, lymph nodes, etc.) of the Toxocara canis larvae in the human body, hamper the diagnosis of this disease. In this context, immunological methods for detecting anti-T. canis serum antibodies were developed. Currently, enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA) associated with the excretorysecretory antigens of T. canis larvae (TES), and sera previously adsorved with somatic antigen of Ascaris spp. has been used as a standard method for testing of IgG anti-T. canis serum antibodies. The antigen TES is obtained from T. canis larvae cultivation and demand four months of expensive and laborious work. Given the above, recombinant antigens are being tested, aiming at improving the immunodiagnosis of human toxocariasis. The objective of this work was to produce recombinant excretion/secretion 30kDa T. canis larval antigen (TES30) in two heterologous protein expression systems, and evaluate them in the immunodiagnosis of human toxocariasis. The recombinants proteins rTES30E and rTES30P, respectively, produced in Escherichia coli and Pichia pastoris, were characterized by un indirect ELISA to detect anti-T. canis IgG in experimentally infected mice serum, which showed 100% effectiveness compared to native TES. For detecting anti-T. canis IgG antibodies in human sera, the rTES30E showed sensitivity and specificity (95% CI) of 95.8% and 82.6%, while rTES30P showed 95.4% and 92.8%, respectively, in comparison to native TES. Thus, we conclude that both recombinants proteins have antigenic potential, becoming an alternative to the use of native TES in immunodiagnosis of human toxocariasis.
Palavras-chave: Diagnóstico. T. cani
Proteína recombinante TES30
Escherichia coli
Pichia pastoris
Diagnosis. T. canis
Recombinant protein
TES30
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::IMUNOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Pelotas
Sigla da Instituição: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Biotecnologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia
Citação: TELMO, Paula de Lima. Imunodiagnóstico da toxocaríase humana com antígeno TES30 recombinante. 2013. 105 f. Tese (Doutorado em Biotecnologia) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2013.
Tipo de Acesso: OpenAccess
URI: http://hdl.handle.net/123456789/1211
Data do documento: 9-Abr-2013
Aparece nas coleções:Pós-Graduação em Biotecnologia: Dissertações e Teses

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_paula_telmo.pdf790,76 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.