Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/123456789/1648
Tipo: masterThesis
Título: Faculdade Católica de Filosofia de Rio Grande: os primeiros anos da formação docente no ensino superior da cidade (1960-1969)
Título(s) alternativo(s): Faculdade Católica de Filosofia de Rio Grande: os primeiros anos da formação docente no ensino superior da cidade (1960-1969)
Autor(es): Silveira, Josiane Alves da
Resumo: O presente trabalho versa sobre uma instituição de ensino superior que representou a gênese dos cursos voltados para a formação docente na cidade do Rio Grande. Essa foi a Faculdade Católica de Filosofia de Rio Grande (1960-1969), tendo como mantenedora a Mitra Diocesana de Pelotas até 1969, quando foi cedida para integrar a Universidade do Rio Grande. Analisa a história institucional dessa Faculdade, focando principalmente os anos iniciais dos cursos de Filosofia e de Pedagogia. A partir de então, busca averiguar o significado e os interesses na criação de cursos voltados para a formação docente, em nível superior, na cidade. Também pretende tornar visíveis os atores que contribuíram para o funcionamento da instituição. Com isso, almeja manter viva a memória dessa Faculdade Católica de Filosofia, além de contribuir com novo trabalho sobre o ensino superior na História da Educação. Enfatiza a ausência, até a década de 1960, de cursos superiores voltados para a formação docente em Rio Grande. Isso teria acarretado uma demanda reprimida de candidatos, principalmente de mulheres, que almejavam essa formação. Sugere que a ação pioneira da Mitra foi fundamental em tal criação. Porém, suas aspirações não se concretizariam se juntamente com ela não se articulassem outras forças intelectuais do Rio Grande, envolvidas com a educação. Após a criação da Faculdade, sugere também que aumentou a procura de mulheres que, possivelmente, já atuavam no ensino primário. Busca novos vestígios em diferentes fontes de pesquisa, como os documentos institucionais, jornais e relatos orais. Inicialmente foram manuseados documentos institucionais no Núcleo de Memória Engenheiro Francisco Martins Bastos (NUME) e no Arquivo Geral da FURG. No segundo momento a pesquisa estendeu-se pelo jornal Rio Grande, tendo como foco as informações referentes ao ensino superior em algumas datas relevantes dos anos de 1960, 1961, 1964, 1967 e 1969. Por fim, realiza oito entrevistas com representantes dos corpos dirigente, docente e discente, bem como de demais funcionários da Faculdade. Para tanto, utiliza a História Oral e temáticas que a envolvem, como a memória. Nesse sentido, toma como base os caminhos abertos pela História Cultural que também propiciou a ampliação de problemas, objetos e temas de pesquisa histórica. As considerações finais constataram que, a articulação de forças católicas de Pelotas, como o bispo Dom Antônio Zattera, com intelectuais do Rio Grande, como Hugo Dantas Silveira, favoreceram a criação e o funcionamento da instituição em pesquisa. Nesse processo, outros deram suas contribuições, sendo muitos deles atores dessa história institucional. Com isso, a Faculdade de Filosofia proporcionou o maior ingresso de mulheres no ensino superior, a ampliação do quadro docente em nível secundário e o desenvolvimento cultural aliado aos interesses da Igreja, de propagação dos ideais cristãos. Ainda, a ampliação dos cursos da Faculdade, somando seis até 1969, demonstra o seu potencial como instituição formadora de professores na cidade do Rio Grande.
Abstract: The current work concerns a higher education institution which represented the genesis of the teacher training oriented courses in Rio Grande city. This was the Faculdade Católica de Filosofia de Rio Grande (1960-1969), sponsored by the Mitra Diocesana de Pelotas until 1969, when it was ceded to integrate the University of Rio Grande. An analysis of its institutional history, mainly focused upon the early years of the Philosophy and Pedagogy courses. From that point, tries to ascertain the meaning and the purpose of establishing in this city, teacher training oriented courses on a high educational level. It also intends to give visibility to those who contribute to the functioning of this institution. Besides keeping alive the memory of the Catholic Faculty of Philosophy it also contributes to the History of Education with a new work concerning higher education. Emphasis is given to the lack of teacher training oriented courses at university level, until the 1960s in Rio Grande. This would have caused a repressed demand of candidates, especially women yearning for that education and training. Suggests that Mitra s pioneering action was crucial. Even so, their ambitions would not materialize without linking Rio Grande s intellectual strengths which were Education involved. It also suggests that further to the Faculty establishment the women s demand increased, probably those who where already involved with primary education. Looks for new evidences in different research sources, such as institutional documents, newspapers and oral reports. At first, institutional documents were handled at the Núcleo de Memória Engenheiro Francisco Martins Bastos (NUME) and the General Archive of the FURG. Later on, the research was extended to the newspaper Rio Grande, focused on information regarding higher education in some relevant dates for the years 1960, 1961, 1964, 1967 and 1969. Finally, eight interviews were performed with representatives of the leading board, of teaching and student staff, as well as of other officers of the Faculty. In order to do so, it takes Oral History and its conceptual categories, such as memory. Thus, assumes the paths opened by Cultural History that has also prompted further historical research problems, objects and subjects. The final considerations have found that, the articulation of catholic forces of Pelotas, as bishop Dom Antônio Zattera, with intellectuals of the Rio Grande, as Hugo Dantas Silveira, fostered the establishment and functioning of the understudy institution. In this process, others gave their contributions, many of them were actors of this institutional history. With this, the Faculty of Philosophy has enabled a greater inflow of women in higher education, the expansion of the secondary-level teaching and cultural development combined with the Church s interest of spreading the christian ideals. Furthermore, the expansion of college courses, adding six until 1969, demonstrates its potential as a teacher training institution in the city of Rio Grande.
Palavras-chave: Educação
Instituição educacional
Ensino superior
Formação docente
Education
Educational institution
Higher education
Teacher training
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Pelotas
Sigla da Instituição: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Educação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citação: SILVEIRA, Josiane Alves da. Faculdade Católica de Filosofia de Rio Grande: os primeiros anos da formação docente no ensino superior da cidade (1960-1969). 2012. 184 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2012.
Tipo de Acesso: OpenAccess
URI: http://hdl.handle.net/123456789/1648
Data do documento: 29-Mar-2012
Aparece nas coleções:Pós-Graduação em Educação: Dissertações e Teses

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Josiane Alves da Silveira_Dissertacao.pdf4,08 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.