Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/123456789/1775
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Estilo de vida de adolescentes com transtorno autista
Other Titles: Lifestyles of Adolescents with Autistic Disorder
metadata.dc.creator: Hax, Gabriela Padilha
metadata.dc.description.resumo: O Transtorno autista é um dos subtipos do transtorno invasivo do desenvolvimento que apresenta prejuízos na interação social, comunicação e comportamento, interesses e atividades e, ainda hoje, é considerado um mistério diante a diversidade do desenvolvimento humano. Poucos são os estudos que investigam como vivem e como se relacionam essa população, principalmente na fase da adolescência. Assim, compreender os fatores que possam intervir no seu estilo de vida passa a ser uma questão importante no fornecimento de subsídios para os profissionais que trabalham diretamente com essas pessoas. Objetivo: Descrever o estilo de vida de adolescentes com transtorno autista do estado do Rio Grande do Sul. Materiais e Métodos: O estudo tem caráter epidemiológico descritivo. A amostra foi constituída por adolescentes com Transtorno Autista de 10 a 19 anos. Os dados foram obtidos por meio de questionários auto-aplicáveis, respondidos pelos pais ou responsáveis, contendo questões referentes aos dados familiares, educacionais, características do transtorno e de estilo de vida dos participantes. A análise dos dados foi feita através de estatística descritiva, com cálculo de medidas de frequência, tendência central, dispersão e a representação gráfica dos dados. Conclusão: Conclui-se que o baixo nível de alfabetização, a saúde física e emocional e o nível de independência das atividades de vida diária e atividades instrumentais de vida diária interferem negativamente nos aspectos do EV. A falta de profissionais capacitados, a superproteção dos pais, ambientes inadequados e a falta de prazer pela atividade física, são barreiras determinantes para a aderência a prática de atividade física e consequentemente para aquisição de Estilo de Vida ativo. Assim, percebe-se que um conjunto de ações são importantes para que os adolescentes com Transtorno Autista adquiram um estilo de vida satisfatório como: diagnóstico precoce, acompanhamento das famílias, políticas públicas de educação, saúde e lazer e preparação das escolas
Abstract: The autistic disorder is a subtype of pervasive developmental disorder that presents impairments in social interaction, communication and behavior, interests and activities, and even today is considered a mystery before the diversity of human development. There are few studies investigating how they live and how they relate to this population, especially in adolescence. Thus, understanding the factors that may intervene in their lifestyle becomes an important issue for providing information for professionals who work directly with these people. Purpose: Describe the lifestyle of adolescents with autistic disorder in the state of Rio Grande do Sul. Materials and Methods: The Epidemiological study has a descriptive. The sample consisted of adolescents with Autistic Disorder from 10 to 19 years. Data were collected through self-reported questionnaires answered by parents or guardians with questions relating to family data, educational, features of the disorder and lifestyle of the participants. Data analysis was performed using descriptive statistics, calculating measures of frequency, central tendency, dispersion and graphical representation of data. Conclusion: It is concluded that the low level of literacy, emotional and physical health and level of independence of activities of daily living and instrumental activities of daily living negatively affect aspects of the EV. The lack of trained professionals, the parental overprotection, inadequate environments and lack of enjoyment of physical activity are crucial barriers to adherence to physical activity and consequently for the acquisition of Lifestyle active. Thus, it is clear that a set of actions are important for adolescents with Autistic Disorder acquire a Lifestyle satisfactory as early diagnosis, monitoring of families, public policy, education, health and leisure and preparation of the schools
Keywords: Autismo
Estilo de vida
Atividade física
Autistic disorder
Lifestyles and physical activity
Transtorno do Espectro Autista (TEA)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Escola Superior de Educação Física
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação Física
Citation: HAX, Gabriela Padilha. Lifestyles of Adolescents with Autistic Disorder. 2012. 103 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2012.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://hdl.handle.net/123456789/1775
Issue Date: 28-Mar-2012
Appears in Collections:Pós-Graduação em Educação física: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Gabriela Padilha Hax.pdf496,25 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.