Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/123456789/1777
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Propostas Pedagógicas para a Educação Física: a abordagem Crítico-Superadora e Crítico-Emancipatória 20 anos após suas sistematizações
Other Titles: Pedagogycal propose to Physical Education: the Critical Overcoming and the Emancipatory Critical Approach 20 years beyond systematization
Authors: Iora, Jacob Alfredo
metadata.dc.description.resumo: O objetivo deste estudo é analisar dois construtos teóricos do campo metodológico da Educação Física (EF): a proposta Crítico-Superadora (Coletivo de Autores, 1992), fundamentada no materialismo histórico e dialético, e a proposta Crítico-Emancipatória (Kunz, 1994), formulada a partir da abordagem fenomenológica do movimento humano. Situamos esta pesquisa no desenvolvimento histórico das propostas pedagógicas para a EF, ou seja, as críticas em relação à especificidade conteúdos, bem como a realidade que se apresenta para além da sala de aula, do pátio ou dos muros da escola, de fato, a sociedade e suas transformações. As já sistematizadas propostas Crítico-Superadora e Crítico-Emancipatória são tomadas, neste estudo, como propostas que já conquistaram grandes espaços no campo epistemológico da EF. Sustentadas por alicerces marxistas, salientamos que, nas últimas duas décadas, tais propostas têm sido o centro de inúmeras discussões e questionamentos, principalmente em relação ao seu desenvolvimento no contexto prático. Revelam-se, nesse período, muitos progressos para a área de conhecimento da EF, os quais perpassam a desconstrução da concepção de EF biológica/tecnicista, como também as formulações para o desenvolvimento de uma prática pedagógica crítica. Diante dessas transformações, nos Capítulos I e II, analisamos as teorias existentes na educação: críticas , não críticas , crítico-reprodutivistas e crítico- reflexivas , sua sustentação para as categorias de conteúdo, prática pedagógica, trabalho, teoria de conhecimento, racionalidade das referidas propostas. No Capítulo III, buscamos conferir a crítica à proposta da EF, a partir da análise do trabalho concreto no contexto pedagógico de projetos de extensão em escolas da rede pública de Santa Maria RS. Assim, vinte anos após duas formulações, a proposta Crítico-Emancipatória efetiva-se nas situações de ensino investigadas, tanto sob a ótica dos projetos de extensão quanto na realidade da escola pública. A prática pedagógica desenvolvida nos contextos investigados revelou a desconstrução das características típicas dos esportes de alto rendimento e a reconstrução do esporte comprometido com o ensino de suas especificidades para todos, ou seja, uma EF com finalidades educacionais. Já a proposta Crítico-Superadora apresentou-se, no seu ponto de chegada, como uma teoria da EF que se sustenta como crítica. Tendo como pilar central o trabalho, entende este como princípio educativo, criticando as propriedades fundamentais do capitalismo, por exemplo, a apropriação privada dos meios de produção e a divisão da sociedade em classes. Ao defender o socialismo, sua efetivação torna-se real, pois, na sua teoria de conhecimento e racionalidade, está a superação dos limites impostos para sua efetivação, que é a passagem do capitalismo para o socialismo
Abstract: The objective of this study is to analyze two theoretical points from the methodological Field of Physical Education (PE): the Critical Overcoming Approach (Colection of Authors, 1992), based on the historical and dialectical materialism and the Critical Emancipatory Approach (Kuns, 1994) formulated trough the phenomenological approach of human movement. This research is situated in the historical development of the pedagogical plan to PE, that is, the critics in relation to specificity - content, as well as, the realities that are shown beyond the classroom, the patio and the walls of the school, in fact, the society and its changes. Then yet, systematizing Critical Overcoming and Critical Emancipatory Approaches are dealt, in this study, as proposals that yet earned an important space in the epistemological field of PE. Sustained by Marxists foundations, it is possible emphasized that, in the last decades, this proposes have been the new center of different discussions and questions, mainly in relation to the development in the practical context. It is therefore important much progress to the knowledge area of PE, that goes on the deconstruction of the biological/technicist PE conception , as well as the formulation to the development of the critical pedagogic practice. In face of this changes in Chapter I and II, it was analyzed the existing theories in the education: critical, non critical; reproductively-critical and reflexive critical, its supports for the categories of content, pedagogical practice, work, knowledge theories, rationality of the mentioned proposes. In the chapter III, we aimed to check the critic to the proposal of PE, through the analyses of the real work in the pedagogical context of the extension projects at Santa Maria public schools. Then, twenty one years after the formulations, the Critical Emancipatory Approach become effective in the teaching situations investigated among the view of the extensions projects, as well as, in the reality of public school. The pedagogical practice developed in the investigated context shows that the deconstruction of the typical characteristics of sports of high efficiency and the reconstruction of Sport connected with teaching its specificities for all that is one PE with educational aims. The Critical Overcoming Approach represented in the final point as one theory of PE has been supported as critic. By having as a central pillar the work, it is possible, to understand this as an educative principle, criticizing the fundamental properties of capitalism, as for example the private ownership of means of production and the society division of classes. By protecting socialism, its affectivity has been real, because, it in its theory of knowledge and rationality is the overcome the limits for its affectivity, that is the passage from capitalism to socialism
Keywords: Educação física
Propostas pedagógicas
Teorias críticas
Trabalho
Physical education
Pedagogical plan
Theories critical
Work
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Escola Superior de Educação Física
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação Física
Citation: IORA, Jacob Alfredo. Pedagogycal propose to Physical Education: the Critical Overcoming and the Emancipatory Critical Approach 20 years beyond systematization. 2012. 136 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2012.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://hdl.handle.net/123456789/1777
Issue Date: 23-Mar-2012
Appears in Collections:Pós-Graduação em Educação física: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Jacob Alfredo Iora.pdf637,75 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.