Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/123456789/1781
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorVeronez, Luiz Fernando Camargopt_BR
dc.contributor.authorMorschbacher, Márciapt_BR
dc.date.accessioned2014-08-20T13:49:08Z-
dc.date.available2013-02-27pt_BR
dc.date.available2014-08-20T13:49:08Z-
dc.date.issued2012-02-27pt_BR
dc.identifier.citationMORSCHBACHER, Márcia. Curriculum reforms and the formation of the (new) worker in Physical Education: subsumption training at private logic / mercantilist. 2012. 246 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2012.por
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/123456789/1781-
dc.description.abstractThis dissertation linked to the Research Line School, Training and Labour, of Pos Graduate Program in Physical Education, Federal University of Pelotas, has as central theme of study the employer training in Physical Education in brazilian capitalist society, in a determinated historical period this social formation from the advent of the National Curriculum Guidelines currently in effect. In this research, the objective is analyze the consequences of these legal orders in the worker‟s training in Physical Education from the viewpoint of the processes of curricular reform carried out in two Universities in Rio Grande do Sul state, the Federal University of Pelotas and the University Federal of Santa Maria. Using the contributions of Dialectical-Historical Materialism, with reference, was made a research descriptive-explanatory of source bibliographical and documentary, whose sources of information are the opinions by CNE/CP 09/2001 and CNE/CES 058/2004, the Resolution CNE/CP 01/2002 and CNE/CES 07/2004, the Pedagogical Projects of Bachelor Degree of Physical Education of the institutions mentioned and the records/minutes of its restructuring curriculum committees, departments and collegiate. The analytical process of documentary source was based on the relantionship between the Categories of Method, content and technique Social Analysis of Discourse. From the study of the current historical period marked by a profund crisis of accumulation and hegemony of the capitalist mode of production, peering up dissertation the social function of the processes of human development in the maintenance of the objective conditions of existence governed by the logic of capital. Later, lies the worker‟s training in Physical Education in capitalist society in the wake of the Brazilian historical period, asking it from the sandpoint of the legal requirements stemming from the National Curriculum Guidelines. It is evident that such domestic legal subsume the formation of such a worker to capital, to the extent that perspective from the fragmentation of the training and knowledge of the disqualification, employability, skills development, human movement as an object of study Physical Education, among other references. As part of the Pedagogical Projects of undergraduate courses in Physical Education of the institutions surveyed, is indicating the reproduction and/or uncritical appropriation of these legal determinations arising regulatory frameworks. These considerations represent important contributions to consider what the National Curriculum Guidelines, the Draft Course and of undergraduate courses in Physical Education are mediators elements between the capital and worker training in this area of knowledge, which tend subsume it to the private-market logiceng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2014-08-20T13:49:08Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Marcia Morshbacher.pdf: 1738848 bytes, checksum: c3de186ca2d63309fb34e48c105369d5 (MD5) Previous issue date: 2012-02-27en
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Pelotaspor
dc.rightsOpenAccesspor
dc.subjectFormação do trabalhador em Educação Físicapor
dc.subjectEducação físicapor
dc.subjectDiretrizes Curriculares Nacionaispor
dc.subjectWorker Training in Physical Educationeng
dc.subjectPhysical educationeng
dc.subjectNational Curriculum Guidelineeng
dc.titleReformas curriculares e a formação do (novo) trabalhador em Educação Física: a subsunção da formação à lógica privada/mercantilpor
dc.title.alternativeCurriculum reforms and the formation of the (new) worker in Physical Education: subsumption training at private logic / mercantilisteng
dc.typemasterThesispor
dc.contributor.authorIDCPF:04831727903por
dc.contributor.authorLatteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4213138H5por
dc.contributor.advisorIDCPF:41180445015por
dc.contributor.advisorLatteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4707055Z6por
dc.description.resumoEsta dissertação, vinculada à Linha de Pesquisa Escola, Formação e Trabalho do Programa de Pós-Graduação em Educação Física da Universidade Federal de Pelotas, tem como temática central de estudo a formação do trabalhador em Educação Física na sociedade capitalista brasileira, em determinado período histórico desta formação social, qual seja, a partir do advento das Diretrizes Curriculares Nacionais atualmente vigentes. Objetiva-se nesta pesquisa analisar as consequências desses ordenamentos legais na formação do trabalhador em Educação Física, do ponto de vista dos processos de reforma curricular realizados em duas Instituições Federais de Ensino Superior do Estado do Rio Grande do Sul: a Universidade Federal de Pelotas e a Universidade Federal de Santa Maria. Tendo como referência os aportes do Materialismo Histórico-Dialético, realiza-se uma pesquisa descritivo-explicativa de cunho bibliográfico e documental, cujas fontes de informação são os Pareceres CNE/CP 09/2001 e CNE/CES 058/2004, as Resoluções CNE/CP 01/2002 e CNE/CES 07/2004, os Projetos Pedagógicos dos Cursos de Licenciatura e de Bacharelado em Educação Física das instituições supracitadas e os registros/atas de suas comissões de reestruturação curricular, departamentos e colegiados. O processo analítico das fontes documentais pautou-se na articulação entre as categorias de método, categorias de conteúdo e a técnica de Análise Social do Discurso. A partir do estudo do atual período histórico, marcado por uma profunda crise de acumulação e de hegemonia do modo de produção capitalista, perscruta-se sobre a função social dos processos de formação humana na manutenção das condições objetivas de existência regidas sob a lógica do capital. Posteriormente, situa-se a formação do trabalhador em Educação Física na sociedade capitalista brasileira no bojo deste período histórico, inquirindo-a do ponto de vista das determinações legais advindas das Diretrizes Curriculares Nacionais. Evidencia-se que tais ordenamentos legais subsumem a formação desse trabalhador ao capital, na medida em que a perspectivam a partir da fragmentação da formação e do conhecimento, da desqualificação, da empregabilidade, do desenvolvimento de competências, do movimento humano como objeto de estudo da Educação Física, entre outras referências. No âmbito dos Projetos Pedagógicos dos cursos de graduação em Educação Física das instituições investigadas, indica-se a reprodução e/ou apropriação acrítica das determinações legais advindas desses marcos regulatórios. Tais considerações, em seu conjunto, representam importantes subsídios para ponderar que as Diretrizes Curriculares Nacionais, os Projetos de Curso e os currículos dos cursos de graduação em Educação Física são elementos mediadores entre o capital e a formação do trabalhador dessa área de conhecimento, os quais tendem a subsumi-la à lógica privada-mercantilpor
dc.publisher.departmentEscola Superior de Educação Físicapor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Educação Físicapor
dc.publisher.initialsUFPelpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICApor
dc.publisher.countryBRpor
Appears in Collections:PPGEF: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marcia Morshbacher.pdf1,7 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.