Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/123456789/1803
metadata.dc.type: masterThesis
Title: MEMÓRIAS DAS DANÇAS DO MARABAIXO E DO BATUQUE: cultura quilombola e corporeidade na comunidade do Curiaú em Macapá-AP
Other Titles: MEMORIES OF DANCES AND Marabaixo BATUQUE: maroon culture and corporeality in the community Curiaú in Macapa-AP
Authors: Gomes, Francisco Marlon da Silva
metadata.dc.description.resumo: A pesquisa foi realizada com o objetivo de compreender qual o significado da dança do Marabaixo e do Batuque para crianças, jovens e adultos quilombolas do Curiaú. O interesse nessa investigação surgiu durante um ensaio fotográfico dos hábitos culturais dessa comunidade. Nosso interesse é saber o sentido que a dança imprime na vida das pessoas dessa comunidade descendentes de negros. Para desvendar a dança Marabaixo e o Batuque fizemos alguns questionamentos: Que sentido tem a dança para essa comunidade? Em que situações eles e elas dançam? Com quem aprenderam a dançar? Existe uma idade para aprender a dançar? O que representa a dança para os moradores do Curiaú? Que valores se fazem presentes nessas danças? Podemos observar em nossas andanças na comunidade que o Marabaixo e o Batuque são formas de resistência, de afirmação da existência, de liberdade de uma corporeidade negra quilombola territorializada que concebem o corpo em sua complexidade: ele não é visto apenas no seu aspecto físico. Ele é compreendido como movimento, sensibilidade, subjetividade, cultura, com suas histórias/memórias
Abstract: The research was realized in the curiaú quilombola community, in Macapá city. The objective of this study is to comprehend what the marabaixo and batuque dance means to the quilombolas (descendant of slave who lives in the curiaú community). The interest in of the investigation appeared during a visit we did. We were there to take some picture and show the cultural habits of this community. So what we pretend through this observation is to know what marabaixo and batuque dance represents in their life. Why they dance marabaixo and batuque ?; when they dance?; how did they learn this dance?; what age is appropriate to start learn the dance? how is this dance important to the community?; what values it brings to the community?. Marabaixo and Batuque dancing is a resistance act, having the power to act and speak without restrictions, a corporeity of the black people quilombola. In the curiaú community the body is seen like movement, sensibility, subjectivity, culture and a way to preserve their histories and memories
Keywords: Dança
Batuque
Marabaixo
Quilombolas
Corporeidade
Dance
Batuque
Marabaixo
Quilombolas
Corporeity
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Escola Superior de Educação Física
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação Física
Citation: GOMES, Francisco Marlon da Silva. MEMORIES OF DANCES AND Marabaixo BATUQUE: maroon culture and corporeality in the community Curiaú in Macapa-AP. 2012. 99 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2012.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://hdl.handle.net/123456789/1803
Issue Date: 8-Oct-2012
Appears in Collections:Pós-Graduação em Educação física: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Francisco Marlom da Silva Gomes.pdf1,97 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.