Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpel.edu.br:8080/handle/123456789/1984
Tipo: doctoralThesis
Título: Acesso a medicamentos em população assistida por diferentes modelos de atenção básica nas regiões sul e nordeste do Brasil
Título(s) alternativo(s): Access to continuous-use medication among adults and the elderly in South and Northeast Brazil
Autor(es): Paniz, Vera Maria Vieira
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Bertoldi, Andréa Dâmaso
Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar a prevalência de acesso a medicamentos de uso contínuo para tratar hipertensão arterial sistêmica, diabetes mellitus e/ou problemas de saúde mental e fatores associados. Foi desenvolvido estudo transversal no âmbito do Projeto de Expansão e Consolidação Saúde da Família (PROESF) em 41 municípios do Sul e Nordeste do Brasil. A amostra incluiu 4.060 adultos e 4.003 idosos residentes na área das unidades básicas de saúde (UBS). A prevalência de acesso a medicamentos de uso contínuo em adultos foi de 81% e em idosos, 87%. O maior acesso entre os adultos da Região Sul esteve associado com maior idade, melhor nível econômico, tipo de morbidade crônica e participação em grupos na UBS; entre os adultos do Nordeste, com hipertensão arterial sistêmica exclusiva ou combinada com diabetes mellitus; entre os idosos do Sul, com maior escolaridade; entre os idosos do Nordeste, com maior idade, maior escolaridade, não fumantes, vínculo com a UBS e modelo de atenção Programa Saúde da Família (PSF). Os resultados revelam importante iniqüidade em saúde, reforçando a necessidade de políticas para ampliar o acesso principalmente para populações de menor poder aquisitivo.
Abstract: This study aimed to evaluate the prevalence of access to continuous-use medicines for treatment of systemic arterial hypertension, diabetes mellitus, and/or mental health problems, and the associated factors. A cross-sectional study was developed under the Project for the Expansion and Consolidation of the Family Health Program in 41 cities in South and Northeast Brazil. The sample included 4,060 adults and 4,003 elderly living in the coverage areas for primary health care clinics. Prevalence of access to continuous-use medicines was 81% in non-elderly adults and 87% in the elderly. Greater access was associated with the following factors: adults in South Brazil older age, higher socioeconomic status, type of chronic disease, and participation in support groups in the primary health clinic area; adults in the Northeast systemic arterial hypertension with or without diabetes mellitus; elderly in the South more schooling; and elderly in the Northeast older age, more schooling, non-smoking, enrolment in the primary health care clinic coverage area, and the family health care model. The results show important inequity in health, reinforcing the need for policies to expand access, mainly for lower-income population groups.
Palavras-chave: Medicamentos de uso contínuo
Uso de medicamentos
Hipertensão
Diabetes Mellitus
Saúde mental
Drug continuous use
Drug utilization
Hypertension
Diabetes Mellitus
Mental health
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::EPIDEMIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Pelotas
Sigla da Instituição: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Medicina
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia
Citação: PANIZ, Vera Maria Vieira. Access to continuous-use medication among adults and the elderly in South and Northeast Brazil. 2009. 224 f. Tese (Doutorado em Medicina) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2009.
Tipo de Acesso: openAccess
URI: http://hdl.handle.net/123456789/1984
Data do documento: 6-Mar-2009
Aparece nas coleções:Pós-Graduação em Epidemiologia: Dissertações e Teses

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese_VERA_MARIA_VIEIRA_PANIZ.pdf2,91 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.