Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/2937
Tipo: masterThesis
Título: “Aqui plantamos uma semente” : o surgimento da Tekoa Pyaú em uma comunidade Mbyá estabelecida no município de Santo Ângelo, Rio Grande do Sul
Título(s) alternativo(s): "Here we plant a seed" : the emergence of Tekoa Pyaú in a Mbyá community established in the municipality of Santo Angelo, Rio Grande do Sul
Autor(es): Dezordi , Estelamaris
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Tempass , Mártin César
Resumo: Esta dissertação apresenta um registro etnográfico e a análise etnológica da fundação da Tekoa Pyaú (Nova Aldeia), sediada no distrito de Ressaca Buriti, área de confluência do Rio Ijuí Grande, no município de Santo Ângelo, situado na região Noroeste (Região das Missões) do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. A abordagem da antropologia histórica, complementada pelo método etnográfico da observação participante, analisa e registra como ocorreu a luta pela terra e a formação de uma nova aldeia Mbyá. As análises estão centradas na constituição sócio-histórica da comunidade e na sua mobilidade espacial, no processo de territorialização, nas relações com agentes e órgãos do Estado e na relação dos Mbyá com a sociedade nacional envolvente. A relevância do estudo proposto está relacionada à possibilidade de produção de uma etnografia que apresenta as etapas de conversação e negociação ocorridas num período de dois anos, as quais resultaram na compra de uma fração de terras e na transferência das famílias para a instalação definitiva da nova tekoa (aldeia).
Abstract: This dissertation presents an ethnographic record and ethnological analysis of the foundation of Tekoa Pyaú (the New Village), which is headquartered in Buriti Surf district, the area confluence of Rio Ijuí Grande in San Angelo district, located in the Northwest region (Region of missions) of the State of Rio Grande do Sul, Brazil. The approach of historical anthropology, supplemented by ethnographic method of participant observation, analyzes and registers the struggle for land and the formation of a new village Mbyá. These analyses are focused on a socio-historical development of the community and its spatial mobility in the territorial process, relations with agents and agencies of the state and the relationship of the Mbyá with the surrounding national society. The relevance of the proposed study is related to the possibility of producing an ethnography that shows the conversation steps and negotiations that have taken place over a period of two years, which resulted in the purchase of a land split and transfer of families to the final installation of the new tekoa (village).
Palavras-chave: Etnologia
Reservas indígenas
Territorialidade
Aldeia Tekoa Pyaú
Etnologia Mbyá
Village Tekoa Pyaú
Ethnology Mbyá
Process Territorialization
Indian Reservation
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::ANTROPOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Federal de Pelotas
Sigla da Instituição: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Antropologia
Citação: DEZORDI, Estelamaris. “Aqui plantamos uma semente” : o surgimento da Tekoa Pyaú em uma comunidade Mbyá estabelecida no município de Santo Ângelo, Rio Grande do Sul. 2016. 217 f. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Programa de Pós-Graduação em Antropologia. Instituto de Ciências Humanas. Universidade Federal de Pelotas, 2016.
Tipo de Acesso: OpenAccess
URI: http://repositorio.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/2937
Data do documento: 25-Mai- 5
Aparece nas coleções:Pós-Graduação em Antropologia: Dissertações e Teses

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Estelamaris_Dezordi_Dissertação.pdf10,87 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons