Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/2998
metadata.dc.type: doctoralThesis
Title: A comida invisível: representações sociais sobre a alimentação escolar entre a comunidade escolar e os agricultores familiares na região de Pelotas, RS
Other Titles: The invisibe food: social representations about ecological school feeding between school community and family farmers in the region of Pelotas, RS
metadata.dc.creator: Altemburg, Shirley Grazieli Nascimento
metadata.dc.description.resumo: Os últimos dez anos coincidem com importantes mudanças nas políticas públicas do Brasil, com especial destaque para a criação de programas voltados ao consumo social que visam assegurar a compra de produtos da agricultura familiar, assim como, o fornecimento de uma alimentação saudável às crianças de escolas públicas. Esse é o caso do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), cuja ênfase recai em conciliar a educação alimentar para os alunos que frequentam a rede pública de ensino e o acesso ao mercado para os agricultores familiares. Diante deste cenário a tese em tela versa sobre as representações sociais em torno da alimentação escolar, a partir de alimentos produzidos por agricultores familiares na região sul do RS. O estudo esteve centrado em compreender como se dão os desdobramentos do PNAE que visa garantir a segurança alimentar e nutricional nos municípios de Canguçu, Cerrito e São Lourenço do Sul. Para dar conta disto realizamos uma pesquisa eminentemente qualitativa através da realização de grupos focais em seis escolas da rede municipal, com alunos da zona rural e urbana, bem como, entrevistas em profundidade com 42 atores envolvidos com o programa (agricultores familiares, gestores municipais, servidores escolares, representante do MDA e técnicos da EMATER). Os dados coletados a campo entre os anos de 2011 e 2013 foram analisados através da metodologia de Análise de Conteúdo com auxilio do software QRS NVIVO10. Dentre os principais resultados está constatação da falta de importância dada à alimentação escolar dentro das escolas, fato que reforça os índices de transição nutricional agravando os perigos causados por uma alimentação inadequada. Percebe-se claramente que a operacionalização do programa está atrelada diretamente ao interesse dos gestores públicos e o entendimento de que as ações do mesmo devem acontecer de forma conjunta e transversal. Os resultados ainda demonstram que este programa tem se tornado uma ferramenta em potencial para garantir a segurança alimentar e nutricional dos educandos. Todavia, as representações sociais em torno de uma “comida boa” nem sempre correspondem aos preceitos de uma alimentação saudável, o que nos parece evidenciar a necessidade de aperfeiçoamento desta política pública.
Abstract: The last ten years decade coincide with important changes in public policies of Brazil, with emphasis on the creation of programs aimed at the social consumption that ensures the purchase of products from family farming and, especially, the provision of healthy food to children from public schools. This is the case of the School Feeding National Program (PNAE in Portuguese), whose emphasis is to conciliate food education for students who attend the public teaching network and market access for family farmers. Facing this scenario the thesis on screen is about the social representations concerning school feeding, from food produced by family farmers in the region of Pelotas, RS. The study was centered on understanding how are given the unfoldings of PNAE which aim to ensure food and nutrition security in the municipalities of Canguçu, Cerrito and São Lourenço do Sul. In order to embrace it we conducted an eminently qualitative research by conducting focal groups in six schools of the municipal network, with students from rural and urban area, as well as in-depth interviews with 42 actors enrolled with the program (family farmers, city managers, school servants, MDA delegate, and EMATER technician). The collected data were analyzed through Content Analysis methodology with the aid of the software QRS NVIVO10. Among the main results is the lack of importance given to school feeding inside the schools, a fact that reinforces the rates of nutritional transition and aggravates the dangers caused by poor diet. One clearly perceives that the operationalization of the program is tied directly to the interest of public managers and the understanding that their actions should happen in a joint and cross-sectional way. The results also demonstrate that this program has become a potential tool to ensure food and nutrition security. However, the social representations around the value of a healthy eating and of ecological family farming production need to be incorporated beyond discourses into practices that ensure effective operationalization of this important program.
Keywords: Segurança alimentar
Produção agrícola familiar agroecológica
Mercados institucionais
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Sistemas de Produção Agrícola Familiar
Citation: ALTEMBURG, Shirley G. Nascimento. A comida invisível: Representações sociais sobre a alimentação escolar entre a comunidade escolar e os agricultores familiares na região de Pelotas, RS. 2013. 207f. Tese (Doutorado) Programa de Pós-Graduação em Sistemas de Produção Agrícola Familiar. Universidade Federal de Pelotas, Pelotas.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://repositorio.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/2998
Issue Date: 11-Feb-2014
Appears in Collections:Pós-Graduação em Sistemas de Produção Agrícola Familiar: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Shirley _versão final_2014.pdf13,25 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons