Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3089
Tipo: masterThesis
Título: Estabilidade de compostos potencialmente bioativos e alterações de qualidade em frutos e produtos de pimenta (Capsicum spp.)
Título(s) alternativo(s): Stability of potentially bioactive compounds and quality changes in fruits and products of pepper (Capsicum spp.).
Autor(es): Dambros, Juliele Ilone
Resumo: As pimentas do gênero Capsicum spp. fazem parte da biodiversidade e da riqueza cultural brasileira, são cultivadas em todo o território nacional possuindo uma enorme variedade de cores, sabores, tamanho e pungência. A Embrapa Clima Temperado – Pelotas, com o intuito de conservar e caracterizar a variabilidade genética de pimentas do gênero Capsicum, mantém um banco ativo de germoplasma de Capsicum (BAG). As pimentas são utilizadas in natura ou processadas. Portanto muitos destes genótipos necessitam de avaliação quanto aos aspectos de qualidade e potencial para utilização em produtos alimentícios. Durante o processamento, pode ocorrer redução no teor de compostos bioativos, pela sua instabilidade às condições tecnológicas de processamento, o que consequentemente pode reduzir a capacidade antioxidante, além de interferir também nas características sensoriais. Com base nisto o presente trabalho teve como objetivo caracterizar acessos de pimenta Capsicum spp. para fins tecnológicos e avaliar a estabilidade de compostos potencialmente bioativos. O teor de compostos fenólicos de pimentas in natura variou de 52,45 mg.100g -¹ (P259) a 21,20 mg.100g -¹ (P27) equivalentes de ácido gálico. O teor de carotenoides totais variou de 0,64 mg.100g -¹ (P259) a 40,26 mg.100g -¹ (P115) equivalentes de β-caroteno, o teor de ácido L-ascórbico de 158,38 mg.100g -¹ (P22) a 18,86 mg.100g -¹ (P115) e o teor de capsaicinoides totais de 0,024 mg.100g -¹ (3,93 SHU) no acesso P27 a 1734 mg.100g -¹ (279.174,27 SHU) para o acesso P247. Em relação aos produtos observaram-se perdas e incrementos nos teores de compostos bioativos, os quais foram influenciados pelo tipo de processamento e pelas características iniciais do fruto in natura (principalmente para geleia e pirulito , quando comparado com teor do fruto in natura). A redução do teor de vitamina C (ácido L ascórbico), chegou a 81,62% para a conserva da pimenta P259, e o teor de compostos fenólicos totais em conserva de pimenta P115 foi 5 vezes menor quando comparado ao fruto in natura. O processamento de pimenta conserva, desidratada e em pasta promoveu o incremento no teor de carotenoides totais. A análise sensorial dos produtos revelou que os consumidores de pimenta da região de Pelotas/RS preferem produtos com pungência não muito elevada e de coloração vermelha.
Abstract: Capsicum spp., part of the Brazilian biodiversity and cultural richness, are grown all over the country having a huge variety of colors, flavors, size and pungency. Embrapa Temperate Climate - Pelotas, in order to conserve and characterize the variability of Capsicum, maintains an active germplasm bank of Capsicum (BAG). The peppers are used fresh or processed. Therefore many of these genotypes require evaluation of quality attributes and potential for use in food products. During processing, a reduction in the content of bioactive compounds, due to their instability to technological processing conditions, can consequently reduce their antioxidant capacity, and also interfere with sensory characteristics. The present study aimed to characterize pepper Capsicum spp. accessions for technological purposes and to evaluate the stability of potentially bioactive compounds. The content of phenolic compounds in fresh pepper fruit ranged from 52.45 mg.100g -¹ (P259) to 21.20 mg.100g -¹ (P27) of gallic acid equivalents. The total carotenoid content ranged from 0.64 mg.100g -¹ (P259) to 40.26 mg 100g -¹ (P115) of β-carotene, the content of L-ascorbic acid from 158.38 mg 100g -¹ (P22) 18.86 mg.100g -¹ (P115) and total capsaicinoids content from 0.024 mg.100g -¹ (3,93 SHU) in accession P27 to 1734 mg.100g -¹ (279.174,27 SHU) for the P247 accession. For pepper products, losses and increments in the content of bioactive compounds were observed influenced by the type of processing and the initial characteristics of the fresh fruit (mainly for jelly and lollipops when compared to the content of the fresh fruit). Vitamin C (L-ascorbic acid) reduction was 81.62% for the pickled pepper P259, and total phenolics content of pickled pepper P115 was 5 times lower when compared to the fresh fruit. The processing of pickled, dehydrated and pepper sauce promoted the increase in the levels of total carotenoids. The sensory analysis of the products revealed that consumers of pepper in Pelotas/RS prefer products medium pungency and red color.
Palavras-chave: Variabilidade genética
Processamento
Compostos fitoquímicos
Análise sensorial
Genetic variability
Processing
Phytochemical compounds
Sensory analysis
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::CIENCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Federal de Pelotas
Sigla da Instituição: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos
Citação: DAMBROS, Juliele Ilone. Estabilidade de compostos potencialmente bioativos e alterações de qualidade em frutos e produtos de pimenta (Capsicum spp.) 2014. 114f. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) – Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos, Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel. Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2014.
Tipo de Acesso: OpenAccess
URI: http://repositorio.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3089
Data do documento: 20-Fev-2014
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos: Dissertações e Teses

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DAMBROS, JULIELE ILONE. DISSERTAÇÃO. 2014.pdf2,89 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons