Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3123
Tipo: masterThesis
Título: Qualidade fisiológica de sementes de milho tratadas e armazenadas
Título(s) alternativo(s): Physiological quality seeds of corn treated and stored
Autor(es): Aguiar, Carlos Edmundo
Resumo: Um dos assuntos em constante discussão é o tratamento industrial de sementes, no qual se busca proteger as sementes e aumentar o seu desempenho no campo, tendo como um dos principais componentes o manejo integrado de pragas e doenças, o que acarreta melhor estabelecimento das culturas, repercutindo de maneira positiva no rendimento de grãos. Além disso, espera-se que ele tenha eficácia, segurança, amplo espectro e custo reduzido. Frente ao exposto, objetivou-se, identificar opções de tratamento de semente de milho (Zea mays L.) que melhor se adaptam ao armazenamento sem comprometer a qualidade fisiológica das sementes. O trabalho foi conduzido em São Sebastião da Amoreira-PR. Utilizou-se sementes de milho híbrido 2B710 Dow Agro Sciences, utilizando 5 tratamentos: T1–CROPSTAR (IMIDACLOPRIDO +TIODICARBE) 300 ml.sc⁻¹ + FERTIACTIL GR (fertilizante) 100 ml.sc⁻¹ ; T2-CROPSTAR (IMIDACLOPRIDO+TIODICARBE) 300 ml.sc⁻¹ + FULLTEC MAIS (fertilizante) 100 ml.sc⁻¹; T3-CROPSTAR (IMIDACLOPRIDO+TIODICARBE) 300ml.sc⁻¹+ MAXFERTIL SEMENTAL (fertilizante) 100ml.sc⁻¹; T4–CROPSTAR (IMIDACLOPRIDO+TIODICARBE) 300 ml.sc⁻¹ ; e, T5–testemunha, as dosagens são para sacas com 60.000 sementes, com 3 repetições. Depois de tradadas, as sementes permaneceram em armazém com temperatura média de 20 a 22°C e umidade relativa média de 70% a 80%. Analisou-se através de teste de germinação, massa da parte aérea e massa do sistema radicular das plântulas com intervalos quinzenais por um período de seis meses. Os dados foram submetidos à análise de variância e comparação de médias para o fator tratamento de sementes e regressão polinomial para o fator época de avaliação. A análise dos resultados permite concluir que a germinação não é afetada por nenhum dos tratamentos até 90 dias após o tratamento. A massa de raiz não é afetada por até 181 dias e a massa da parte aérea já sofre efeito dos tratamentos na primeira época de avaliação.
Abstract: One of the subjects in constant discussion is the industrial seed treatment, in which it seeks to protect the seeds and increase your performance on the field, having as a major component of the integrated management of pests and diseases, which leads to better crop establishment, impacting positively on grain yield. Furthermore, it is expected to be effective, safe, broad spectrum, and low cost. Based on these, aimed to identify the seed treatment of maize (Zea Mays L.) best suited to storage without compromising seed quality options. The work was conducted in São Sebastião da Mulberry-PR. We used hybrid corn seeds 2B710 Dow Agro Sciences, using five treatments: T1-CROPSTAR (imidacloprid + THIODICARB) 300ml.sc⁻¹ + FERTIACTIL GR (fertilizer) 100ml.sc⁻¹; T2-CROPSTAR (imidacloprid + THIODICARB) 300ml.sc⁻¹ + MORE FULLTEC (fertilizer) 100ml.sc⁻¹; T3-CROPSTAR (imidacloprid + THIODICARB) 300 ml.sc⁻¹ + MAXFERTIL stallion (fertilizer) 100 ml.sc⁻¹; T4-CROPSTAR (imidacloprid + THIODICARB) 300 ml.sc⁻¹; and T5-witness, the dosages are for 60,000 seed sacks, with three repetitions. After treated, the seeds remained in storage with temperatures averaging 20-22 ° C and average Relative Humidity 70% to 80%. Analyzed by germination test, weight of shoot and root weight of seedlings with fortnightly for a period of six months. Data were subjected to analysis of variance and comparison of means for the treatment factor seed and polynomial regression for time evaluation factor. Analysis of the results shows that the germination is not affected by any of the treatments until 90 days after treatment. The weight of the root is not affected by up to 181 days and the weight of shoots already suffering effects of treatments on first evaluation.
Palavras-chave: Sementes
Zea mays L.
Milho
Germinação
Massa de raiz
Root weight
Germination
Shoot weight
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA::PRODUCAO E BENEFICIAMENTO DE SEMENTES
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Federal de Pelotas
Sigla da Instituição: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Sementes
Citação: AGUIAR, Carlos Edmundo. Qualidade fisiológica de sementes de milho tratadas e armazenadas. 2014. 19p. Dissertação (Mestrado Profissional) - Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Sementes. Universidade federal de Pelotas. Pelotas-RS.
Tipo de Acesso: OpenAccess
URI: http://repositorio.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3123
Data do documento: 18-Ago-2014
Aparece nas coleções:Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Sementes: Dissertações e Teses

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
dissertacao_carlos_edmundo_aguiar.pdf669,13 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons