Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3133
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Propagação vegetativa e parâmetros fisiológicos de erva-baleeira sob diferentes condições de luminosidade
Other Titles: Vegetative propagation and physiological parameters of Varronia curassavica under different light conditions
Authors: Rodrigues, Lissane Borges Valério
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Braga, Eugenia Jacira Bolacel
metadata.dc.contributor.advisor-co2: Mariot, Márcio Paim
metadata.dc.description.resumo: As plantas medicinais têm sido utilizadas para o tratamento paliativo ou curativo de diversas doenças desde os primórdios da humanidade. Portanto, selecionar métodos para propagar e conservar essas espécies é imprescindível. Neste contexto, se insere a espécie medicinal e nativa do Brasil, Varronia curassavica Jacq. conhecida popularmente como erva-baleeira, utilizada na medicina popular como anti-inflamatória, antiartrítica e analgésica, sendo também utilizada como fonte de princípio ativo para o medicamento Acheflan. Esse trabalho teve como objetivos avaliar a propagação por estaquia na presença de ácido indolbutírico (AIB) e o crescimento e parâmetros fisiológicos de plantas de Varronia curassavica Jacq. cultivadas sob duas condições de luminosidade (pleno sol e 75% de sombreamento com tela de coloração azul) por um período de 45 dias. Os resultados obtidos permitem concluir que a propagação vegetativa de Varronia curassavica Jacq. a partir de estacas caulinares retiradas de ramos apicais jovens é otimizada com o uso de AIB, aumentando o número de estacas enraizadas e melhorando o desenvolvimento radicular. As diferentes condições de luminosidade influenciaram as plantas tanto em relação ao crescimento quanto em relação às variáveis bioquímicas analisadas. Nas plantas mantidas sob sombreamento foram observados menor acúmulo de massa seca de raiz e parte aérea e maior área foliar. Foram observados ainda maiores teores de pigmentos fotossintéticos, clorofilas e carotenoides, maior assimilação líquida de CO2 e condutância estomática, porém as taxas de transpiração foram maiores causando uma menor eficiência do uso da água. O sombreamento causou também menores teores de açúcares solúveis, nitrato, aminoácidos e atividade da redutase do nitrato em folhas e raízes. Esses efeitos nos metabólitos primários levaram a uma redução nos teores de compostos fenólicos em folhas e raízes e no rendimento do óleo essencial obtido das folhas. Os resultados apresentados permitem concluir que a espécie em questão apresenta alta plasticidade em relação às condições de luminosidade a que foi submetida.
Abstract: Medicinal plants have been used for the palliative or curative treatment of various diseases since the earliest days of mankind. Therefore, selecting methods to propagate and conserve these species is imperative. In this context, the medicinal and Brazilian native species Varronia curassavica Jacq., popularly known as erva-baleeira, used in popular medicine as anti-inflammatory, antiarthritic and analgesic, and also used as source of active principle for the drug Acheflan. The aim of this study was to evaluate the propagation using cuttings treated with indolbutyric acid (IBA) and the physiological parameters of Varronia curassavica Jacq. plants, cultivated during 45 days under two conditions of light (full sun and 75% shading with blue net). The results obtained allow to conclude that the vegetative propagation of Varronia curassavica Jacq. from stem cuttings taken from young apical branches is optimized with IBA, increasing the number of rooted cuttings and improving root development. The different luminosity conditions influenced the plants both in relation to the growth and in relation to the analyzed biochemical variables. In the shaded plants, reductions in the dry mass accumulation of root and shoot were observed and an increase in the leaf area. Also, increases in photosynthetic pigments contents, chlorophyll and carotenoid, and a higher net CO2 assimilation rate and stomatal conductance were observed. Transpiration rates were higher in shaded plants causing a lower efficiency of water use. Shading reduced soluble sugars, nitrate, amino acids and nitrate reductase activity in leaves and roots. These effects on the primary metabolites led to a reduction in the phenolic compounds content in leaves and roots and in the yield of the essential oil obtained from the leaves. Results demonstrate that the species presents high plasticity in relation to the conditions of luminosity that it was submitted.
Keywords: Plantas medicinais
Tela fotoconversora
Ácido indolbutírico
Óleo
Estaquia
Medicinal plants
Shading net
Oil
Indolbutyric acid
Cutting
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICA::FISIOLOGIA VEGETAL
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Biologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Fisiologia Vegetal
Citation: RODRIGUES, Lissane Borges Valério. Propagação vegetativa e parâmetros fisiológicos de erva-baleeira sob diferentes condições de luminosidade. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Fisiologia vegetal. Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2016.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://repositorio.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3133
Issue Date: 21-Nov-2016
Appears in Collections:Pós-Graduação em Fisiologia vegetal: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertacao_lissane_borges.pdf1,12 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons