Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3159
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Aspectos motivacionais relacionados à prática de atividade física em idosos e o impacto na qualidade de vida
Other Titles: Motivational aspects related to the practice of the activity physics in the elderly and impact on quality of life
Authors: Ribeiro, José Antonio Bicca
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Cavalli, Adriana Schüler
metadata.dc.description.resumo: Atualmente tem se percebido um rápido aumento do número de idosos no mundo, e, algumas alternativas têm sido criadas para a promoção de saúde e auxílio no processo de envelhecimento. Além disso, grande parte delas está relacionada à manutenção de estilo de vida ativo, através da prática regular de atividade física (AF). No entanto, ainda é possível perceber uma adesão insuficiente de idosos a elas, sendo necessária a compreensão deste fenômeno. Desse modo, o estudo objetivou identificar os aspectos motivacionais que promovem a adesão e permanência de idosos em um programa de AF orientada e o impacto desta participação na sua qualidade de vida (QV). O estudo descritivo-exploratório foi delineado a partir de duas abordagens – uma Quantitativa e outra Qualitativa. No componente Quantitativo foram entrevistados 170 idosos (152 mulheres), com média de idade de 69,8 (DP=6,14) anos, participantes de um projeto social na cidade de Pelotas/RS. Os idosos responderam aos seguintes instrumentos: Questionário para caracterização sóciodemográfica; Inventário de Motivação para a prática de Atividade Física e Esportiva (IMPRAFE-132); WHOQOLOld e WHOQOL-Bref. Os dados coletados foram analisados no software STATA 12.1, e nas comparações entre os níveis motivacionais com os escores de QV, foi utilizado o teste de Kruska-Wallis. O nível de significância adotado foi de 5%. No componente Qualitativo foram utilizados os escores de motivação obtidos através do IMPRAFE- 132, sendo que estes foram divididos em tercis (motivação alta, média e baixa). Desse modo, foram selecionados aleatoriamente 21 idosos, e divididos em dois grupos de acordo com seu nível motivacional (motivação alta e motivação baixa). Para a coleta de dados, foram realizadas duas sessões de grupos focais com os idosos, a partir de um roteiro de perguntas previamente estabelecidas. As sessões foram gravadas e após a transcrição dos áudios, procedeu-se a categorização dos dados, segundo a Análise de Conteúdo. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Escola Superior de Educação Física sob o parecer 047/2012, e, todos os idosos foram convidados a participar da pesquisa, e assinaram um Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Os resultados sinalizaram que a Saúde apresentou a maior média (116,66; DP=17,06) entre todas as dimensões motivacionais. Com relação à QV, os domínios das Relações Sociais (84,71; DP=24,07) e das Atividades passadas presentes e futuras (80,21; DP=22,17) apresentaram os maiores escores. Identificouse uma associação positiva entre QV e motivação, sendo que indivíduos mais motivados apresentaram melhores escores de QV (p<0,01). Através dos grupos focais foi possível identificar que a importância da AF se relaciona aos motivos de adesão ao Projeto – manutenção ou promoção da saúde, e a sensação de bem estar. A percepção positiva da QV foi relacionada à motivação para a prática de AF, uma vez que os idosos indicaram que a saúde é fator importante para a manutenção da mesma. Desse modo, pode-se concluir que ao perceber a importância da AF, os idosos se mantem mais engajados no projeto, o que repercute na sua saúde e QV, proporcionando um envelhecimento com maior autonomia.
Abstract: Currently has seen a rapid increase in the number of elderly in the world, and some alternatives have been created to promote health and assistance in the aging process. Furthermore, most of them are related to maintaining of an active lifestyle through the regular physical activity (PA). However is still possible to perceive an insufficient adherence of elderly to then, being necessary the understanding of this phenomenon. In this way, the study aimed to identify the motivational aspects that promote adhesion and the permanence of older adults in a program of AF oriented and impact of participation in their quality of life (QOL). The descriptive exploratory study was designed from two approaches – one Quantitative and other Qualitative. In the Quantitative component were interviewed 170 elderly (152 women), with a mean age of 69.8 (SD=6.14) years, participants in a social project in the city of Pelotas/RS. The elderly responded the following instruments: Questionnaire for sociodemographic characteristics; “Inventário de Motivação para a Prática de Atividade Física e Esportiva” (IMPRAFE-132); WHOQOL-Old and WHOQOL-Bref. The data collected were analyzed using the STATA 12.1 software, and the comparisons between the motivational levels with QOL scores, of the Kruska-Wallis test was used. The level of significance was set at 5%. In Qualitative component, motivation scores obtained through of IMPRAFE-132 have been used, and these were divided into tertiles (high motivation, medium and low). Thus, we randomly selected 21 elderly and divided into two groups according to their motivational level (high motivation and low motivation). For data collection, two sessions of focus groups with the elderly were conducted from a script of questions previously established. The sessions were recorded and after the transcription of the audio, we proceeded to categorize the data according to Analysis of Content. The project was approved by the Ethics Committee in Research of the School of Physical Education in the opinion 047/2012, and all seniors were invited to participate in the study, and signed a consent form. The results showed that Health presented the highest mean (116.66; SD=17.06) among all motivational dimensions. With respect to QOL domains of Social Relationships (84.71; SD=24.07) and past present and future activities (80.21; SD=22.17) had the highest scores. Was identified a positive association between QOL and motivation, were more motivated individuals had higher QOL scores (p<0.01). Through the focus groups it was identified that the importance of PA is related to the reasons for joining the project - maintenance or promotion of health and sense of well being. The positive perception of QOL was related to motivation for PA practice, because the elderly indicated that health is important for maintaining the same. In this way, it can be concluded that to perceive that the importance of PA, the elderly keep more engaged in the project, which has repercussions on their health and QOL, providing a aging with greater autonomy.
Keywords: Atividade Física
Motivação
Qualidade de vida
Idosos
Envelhecimento
Physical activity
Motivation
Quality of life
Elderly
Aging
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Escola Superior de Educação Física
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação Física
Citation: RIBEIRO, José Antonio Bicca. Aspectos motivacionais relacionados à prática de atividade física em idosos e o impacto na qualidade de vida. 2014. 213f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Educação Física. Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2014
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://repositorio.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3159
Issue Date: 5-Feb-2014
Appears in Collections:Pós-Graduação em Educação física: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Final-jose antonio bicca ribeiro.pdf5,18 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons