Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3175
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Atividade física e fatores associados em trabalhadores de Centros de Atenção Psicossocial da Região Sul do Brasil: tendências temporais: 2006 – 2011
Other Titles: Physical activity and associated factors in Centers of Psychosocial Attention of the Southern Region of Brazil: Time trends: 2006 - 2011
Authors: Santos Jerônimo, Jeferson
metadata.dc.description.resumo: A literatura tem apresentado os benefícios da prática de atividade física para diferentes populações. Nesse sentido, a área da atividade física e saúde vêm pesquisando novas temáticas como a saúde do trabalhador, tema que atualmente interessa-se pela saúde do trabalhador de serviços de saúde, entre os quais estão os Centros de atenção psicossocial. O objetivo desta dissertação foi apresentar tendências temporais de atividade física e fatores associados em trabalhadores de Centros de Atenção Psicossocial da região Sul do Brasil entre 2006 e 2011.Pesquisa epidemiológica, observacional, quantitativa, combinação de dois estudos transversais, parte do estudo “Avaliação dos Centros de Atenção Psicossocial da Região Sul do Brasil”. Foram coletadas variáveis de saúde física e distúrbios psiquiátricos menores através do Self-Report Questionnaire - SRQ-20. A atividade física foi medida através do International Physical Activity Questionnaire short form – IPAQ-curto. Participaram 435 trabalhadores de 30 unidades de Centros de atenção psicossocial em 2006 e 546 trabalhadores de 40 unidades em 2011. As prevalências de doenças crônicas não transmissíveis foram 20,7% em 2006 e 26,9% em 2011, de distúrbios psiquiátricos menores foram 11,0% e 8,4% e de atividade física (≥ 150 minutos semanais), 23,2% e 17,6%. Em relação ao sexo dos estudados, não houve diferença na atividade física de homens e mulheres. Em 2006, sujeitos com menor escolaridade (p=0,03) e menor renda (p=0,01) apresentaram maior nível de atividade física. Em 2011, trabalhadores de Centros de atenção psicossocial tipo III, localizados em municípios de grande porte, apresentaram maior nível de atividade física (p=0,02). São necessárias intervenções promotoras de atividade física nesta população, principalmente em trabalhadores de Centros de atenção psicossocial tipo I e residentes em municípios de pequeno porte.
Abstract: The literature has shown the benefits of physical activity for different populations. In this sense, the area of physical activity and health come from researching new topics as the occupational health, which currently cares for the occupational health of the employee health services, among which are Psychosocial Attention Centers. The purpose of this dissertation was to present the temporal trends of physical activity and associated factors in Psychosocial Attention Centers workers in southern Brazil between 2006 and 2011. Epidemiological, observational, quantitative research, combination of two cross-sectional studies, an arm of the “Assessment of Psychosocial Attention Centers in southern Brazil study”. Physical health information was collected and minor psychiatric disorders through Self Report Questionnaire - SRQ-20. Physical activity was measured using the International Physical Activity Questionnaire short form – IPAQ-short. A total of 435 workers from 30 units of Psychosocial Attention Centers in 2006 and 546 workers of 40 units in 2011 participated. The prevalence of non-communicable chronic diseases were 20.7% in 2006 and 26.9% in 2011, of minor psychiatric disorders was 11.0% and 8.4% and of physical activity (≥150 minutes per week) were 23.2% and 17.6%. In relation to sex of studied, there was no difference in PA of men and women. In 2006, subjects with lower educational level (p=0.03) and lower income (p=0.01) presented higher level of physical activity. In 2011, workers of the Psychosocial Attention Centers type III, located in large municipalities, presented higher level of physical activity (p=0.02). Interventions are needed to promote physical activity in this population, especially among workers of Psychosocial Attention Centers type I and living in smaller municipalities.
Keywords: Atividade motora
Serviços de saúde
Serviços de saúde mental
Saúde mental
Saúde do trabalhador
Motor activity
Health services
Mental health services
Mental health
Worker's health
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Escola Superior de Educação Física
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação Física
Citation: JERÔNIMO, Jeferson Santos. Atividade física e fatores associados em trabalhadores de Centros de atenção psicossocial da região sul do Brasil: tendências temporais 2006 – 2011. 2014. 120f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Escola Superior de Educação Física, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2014.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://repositorio.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3175
Issue Date: 22-Jan-2014
Appears in Collections:Pós-Graduação em Educação física: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Jeferson Santos Jerônimo.pdf1,28 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons