Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3178
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Reduzir o estereótipo de sobrepeso melhora a aprendizagem motora em mulheres
Other Titles: Reducing the stereotype of overweight improves motor learning in women
Authors: Cardozo, Priscila Lopes
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo verificou os efeitos do estereótipo de sobrepeso na aprendizagem de uma tarefa de equilíbrio dinâmico em mulheres. Os participantes, do sexo feminino, foram divididos em dois grupos: AE (ameaça do estereótipo) e AER (ameaça do estereótipo reduzido). A tarefa consistiu em manter uma plataforma de equilíbrio na horizontal, o maior tempo possível, durante as 10 tentativas de prática. Antes da prática, o grupo AE recebeu instruções introduzindo a tarefa como sendo influenciada por diferenças individuais, em que indivíduos com sobrepeso normalmente apresentam piores resultados do que indivíduos sem sobrepeso. Para o grupo AER, as instruções informaram que a tarefa não era influenciada por diferenças individuais. Imediatamente após a prática e anteriormente ao teste de retenção, todos os participantes preencheram um questionário referente ao grau de motivação intrínseca. Os efeitos sobre a aprendizagem foram avaliados um dia após a prática, através de um teste de retenção. Os participantes do grupo AER demonstraram melhor performance e aprendizagem da tarefa, assim como um maior nível de competência percebida, do que o grupo AE. Conclui-se que a aprendizagem de habilidades motoras pode ser afetada pelo uso de instruções designadas a reduzir a ameaça do estereótipo. Os resultados estão de acordo com evidências crescentes que demonstram o impacto de fatores sócio-cognitivos e afetivos sobre a aprendizagem de habilidades motoras.
Abstract: The objective of the present study was to investigate the influence of overweight stereotype threat on learning a balance task in women. Participants practiced 10 trials of a dynamic balance task, and their learning was observed in a retention test, one day later. Before practice, the stereotype threat (ST) group received instructions introducing the task is influenced by individual differences, where overweight people usually present worse outcomes. For the reduced stereotype threat group (RST), instructions informed that the task was not influenced by individual differences. After practice, all participants filled out a questionnaire measuring intrinsic motivation. Performance and learning, as well as increased intrinsic motivation, were enhanced for participants of the RST group, compared with participants of the ST group. The findings indicate that the learning of balance skills can be affected by the use of instructions designed to reduce stereotype threat. They add to the growing evidence of the impact of social-cognitive factors on motor skill learning.
Keywords: Estigma
Equilíbrio
Expectativa
Motivação intrínseca
Percepção de competência
Stigma
Balance
Mindsets
Intrinsic motivation
Perceived competence
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Escola Superior de Educação Física
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação Física
Citation: CARDOZO, Priscila Lopes. Reduzir o estereótipo de sobrepeso melhora a aprendizagem motora em mulheres. 2014. 110f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Educação Física. Universidade Federal de Pelotas, Pelotas/RS.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://repositorio.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3178
Issue Date: 26-Feb-2014
Appears in Collections:Pós-Graduação em Educação física: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO MESTRADO IMPRESSÃO FINAL (1).pdf785,91 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons