Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3305
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Transmissão transplacentária de Anaplasma marginale (THEILER, 1910) em bovinos do sul do Rio Grande do Sul
Other Titles: Transplacentary transmission of Anaplasma marginale (THEILER, 1910) in bovines from the southern of Rio Grande do Sul
metadata.dc.creator: Grau, Hermann Eduardo
metadata.dc.contributor.advisor1: Farias, Nara Amélia da Rosa
metadata.dc.description.resumo: Foi estudada a transmissão transplacentária do Anaplasma marginale em terneiros ao nascimento, produtos de vacas cronicamente infectadas, sem histórico de anaplasmose aguda durante a gestação. O estudo foi realizado em 30 terneiros e suas matrizes, no Município de Capão do Leão, região sul do Rio Grande do Sul, área de instabilidade enzoótica para A. marginale, onde as condições climáticas são desfavoráveis ao desenvolvimento dos vetores durante o período de inverno, quando as temperaturas médias são inferiores a 15ºC. Foram colhidas amostras de sangue dos terneiros antes da ingestão do colostro, aos 3 a 5 dias de vida, e das matrizes logo após o parto. Os testes sorológicos usados foram Imunofluorescência Indireta (RIFI) e Ensaio de Imunoadsorção Enzimática Indireto (ELISA I), e o exame direto foi através de Reação da Polimerase em Cadeia (PCR). Em 63,3% das matrizes, foi diagnosticada a infecção por A. marginale no PCR, enquanto que 100% das mesmas foram sorologicamente positivas na RIFI e 97% no ELISA. A transmissão transplacentária do agente foi constatada através da presença de anticorpos (IgG) em 10 % dos terneiros nascidos de mães positivas, e do DNA do agente em 10,5 % dos mesmos. Foi constatada uma concordância de 93,3% entre os resultados das técnicas sorológicas usadas, sendo que a precisão em relação ao PCR, foi de 80% para RIFI e de 76,7% para ELISA. São discutidos os resultados dos testes e a importância epidemiológica da transmissão transplacentária do A. marginale.
Abstract: The transplacentary transmission of Anaplasma marginale was study in calves at the birth, from mothers cronically infected, without medical history of acute anaplamosis during the pregnancy. The study was carried out using 30 calves and their mothers, from Capão do Leão county, in the southern region of Rio Grande do Sul state, Brazil, which represents an area of enzootic instability to A.marginale infection, where during the winter season, the climatic conditions are hostile to the development of the vectors. The blood samples of the calves were collected before the colostrum ingest, from 3 to 5 days of live, and the mothers were also collected. The serological tests used were Indirect Fluorescent Antibody Technique (IFAT) and Indirect ELISA; the direct examination was carried out by Polymerase Chain Reaction (PCR). The results presented in the mothers were 63,3% in the direct examination by PCR test and in the indirect serological tests, IFAT and Indirect ELISA the percentile of positive, were respectively, 100% and 97%, to the infection by A.marginale. The transplacentary transmission of the agent was determined by the presence of antibodies (IgG) in 10% of the calves born of positive mothers, and by the agent DNA in 10,5% of them. An agreement of 93,3% was observed between the results of the serological techniques used, the precision in relation to the PCR test was 80% to IFAT and 76,7% to Indirect ELISA. The results of the tests and epidemiological importance of the transplacentary transmission of the A.marginale, are discussed.
Keywords: Anaplasma marginale
Transmissão transplacentária
Epidemiologia
Diagnóstico
Transplacentary transmission
Epidemiology
Diagnostic
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::PARASITOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Biologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Parasitologia
Citation: GRAU, Hermann Eduardo. Transmissão transplacentária de Anaplasma marginale (THEILER, 1910) em bovinos do sul do Rio Grande do Sul. 2006. 53f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Parasitologia, Instituto de Biologia, Universidade Federal de Pelotas.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://repositorio.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3305
Issue Date: 18-Feb-2006
Appears in Collections:PPGMPAR: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Hermann Eduardo Gonzáles Grau.pdf634,93 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons