Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3816
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Transtornos psiquiátricos menores em familiares cuidadores de usuários de Centros de Atenção Psicossocial: prevalência e fatores associados
Other Titles: Minor psychiatric disorders among caregivers of Community Mental Health Services’ users: prevalence and associate factors
metadata.dc.creator: Treichel, Carlos Alberto dos Santos
metadata.dc.description.resumo: A partir dos movimentos de reforma psiquiátrica e do estabelecimento dos serviços comunitários de saúde mental, a família que antes se mantinha como observadora do processo do cuidado é olhada em uma nova perspectiva, passando a ser incorporada no processo terapêutico e contribuindo com a reabilitação psicossocial do indivíduo. Nesse sentido, dentro do contexto de cuidado comunitário, a família passa a ser considerada como um objeto de estudo deste campo de atuação. Diversos estudos têm enfatizado sua abordagem como necessária e documentado diferentes repercussões desse cenário entre esses sujeitos, dentre as quais àquelas relacionadas a aspectos psicossomáticos como a manifestação de transtornos psiquiátricos menores. Levando em conta que identificar quais características influem na ocorrência desses transtornos possa ser um passo importante para o estabelecimento de práticas que previnam ou interfiram nesse desfecho este estudo buscou identificar a prevalência e os fatores associados à manifestação de transtornos psiquiátricos menores entre 537 cuidadores familiares de pessoas em sofrimento psíquico atendidas em 16 Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) localizados na 21ª região de saúde do estado do Rio Grande do Sul. Para análise, munindo-se de um modelo teórico hierarquizado, utilizou-se regressão de Poisson com o cálculo das razões de prevalência ajustadas. A prevalência de Transtornos Psiquiátricos Menores encontrada na população estudada foi de 42,1%. Os fatores associados à esses transtornos foram: sexo feminino (RP: 1,54); vínculo próximo com o usuário, em especial pais/mães (RP: 2,00); baixa escolaridade, apresentando risco de RP: 1,85 no estrato mais baixo; possuir problemas de saúde (RP: 1,24); referir problemas de nervos (RP: 3,02); baixo desempenho de avaliação da qualidade de vida nos âmbitos físico (RP:1,84) e de meio ambiente (RP:1,95); insatisfação com as relações familiares (RP: 1,56); falta de apoio familiar (RP: 1,25) e sentimento de sobrecarga, para qual foi encontrado um risco de RP: 2,61 entre os indivíduos com maior nível de sobrecarga. Levando em conta que na análise multivariada os aspectos que efetivamente exerceram influência sobre o desfecho na amostra estudada estão relacionados às condições situacionais e de apoio e organização familiar, sugere-se a implementação por parte dos serviços de medidas que favoreçam a melhoria no suporte social e inclusão de todos os membros do grupo familiar de seus usuários nos processos de cuidado.
Abstract: With the psychiatric reform movements and the establishment of community mental health services, the family that before were considered as an observator of the health care process is seen in a new perspective, becoming incorporated into the therapeutic process and contributing to patient rehabilitation. In this sense, in the context of communitary health care, the family is considered as an object of study in this field. Several studies have emphasized their approach as a need and have documented different repercussions of this scenario among the relatives. These repercussions include those related to psychosomatics aspects as the manifestation of minor psychiatric disorders. Taking into account that identifying characteristics that contribute to occurrence of these disorders may be an important step towards establishing practices that prevent or interfere in this outcome, this study sought to identify the prevalence and the associated factors with the manifestation of minor psychiatric disorders among 537 family caregivers of In psychic suffering attended at 16 Psychosocial Care Centers (CAPS) located in the 21st health region of the state of Rio Grande do Sul. Using a hierarchical theoretical model, Poisson regression was used to track the Prevalence ratio. The prevalence of Minor Psychiatric Disorders found in the study was 42.1%. The associated factors with these disorders were: female gender (PR: 1.54); strong bond with the user, especially fathers / mothers (PR: 2.00); low educational level, especially in the lowest stratum (PR: 1.85); Have health problems (PR: 1.24); Refer problems of nerves (PR: 3.02); low performance of evaluation in the quality of life in the physical aspect (RP: 1.84) and environment aspect (PR: 1.95); dissatisfaction with family relationships (PR: 1.56); lack of family support (PR: 1.25) and feelings of burden, especially when intense (PR: 2,61). Taking into account that in the multivariate analysis the aspects that effectively influenced the outcome in the studied sample are related to situational conditions, family support and organization, it is suggested the implementation by the services of measures that favor the improvement in social support and inclusion of all members of the family group of its users in the processes of care.
Keywords: Transtornos psiquiátricos menores
SRQ20
Cuidadores
Serviços comunitários de saúde mental
CAPS
Minor psychiatric disorders
Caregivers
Community mental health services
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Enfermagem
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Enfermagem
Citation: TREICHEL, Carlos Alberto dos Santos. Transtornos psiquiátricos menores em familiares cuidadores de usuários de Centros de Atenção Psicossocial: prevalência e fatores associados. 2017. 153 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2017.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://repositorio.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3816
Issue Date: 6-Feb-2017
Appears in Collections:Pós-Graduação em Enfermagem: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_Carlos_Alberto_dos_Santos_Treichel.pdf4,04 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons