Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3852
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Fatores multiníveis condicionantes da trajetória inovadora da produção vitivinícola na campanha gaúcha
Other Titles: Multi-level determinant factors in the innovative wine production development in the campanha gaúcha region
metadata.dc.creator: Santos, Luciana Rochedo Spencer dos
metadata.dc.description.resumo: O trabalho apresentado tem como objetivo analisar os fatores sociotécnicos que contribuem para a trajetória inovadora da produção vitivinícola na Campanha Gaúcha. Para tanto, utiliza-se como meio de análise o que nos estudos de inovação é nomeado de transição sociotécnica. Dentro dessa análise de transição utilizou-se a abordagem teórica Perspectiva Multinível (PMN) para se proceder com a compreensão da adoção da vitivinicultura, em uma região que tem recebido destaque pela produção de vitis viniferas que dão origem a vinhos finos. Após a apresentação do marco teórico são apontadas duas proposições, ambas relacionadas ao framework PMN, no intuito de somar esforços à teoria já existente em estudos de transição, auxiliando na sistematização de fatores contribuintes à adoção do regime sociotécnico e na compreensão destes na trajetória da produção vitivinícola da Campanha Gaúcha. Para atender os objetivos da pesquisa se procedeu com a coleta de dados em duas etapas, etapas A e B. Ambas realizadas a partir de entrevistas semiestruturadas com categorias pré-definidas. Na etapa A, são identificadas três fases da vitivinicultura na região, a primeira de 1887 a 1969, a segunda de 1970 a 1999 e a terceira de 2000 aos dias atuais. Estas correspondem respectivamente às fases de Experimentação, Estabilização e Resistência identificadas no referencial teórico. Já a finalidade da etapa B é de servir à identificação dos fatores sociotécnicos, suas combinações e como evoluem ao longo do tempo, contribuindo com a adoção da vitivinicultura na Campanha Gaúcha. Na etapa B é possível confirmar as proposições 1 e 2, assim como são destacados os fatores mais favoráveis e menos favoráveis à adoção da vitivinicultura na região. É destacada a análise e sistematização dos fatores multiníveis observados. Entre os fatores da vitivinicultura da Campanha Gaúcha identificados, dá-se destaque aos mais favoráveis à adoção: a característica empreendedora e de motivação, a capacidade de trabalharem em conjunto na identificação de oportunidades e ameaças, assim como o aproveitamento em conjunto de oportunidades e de reconfiguração. Os fatores menos favoráveis à adoção, são: a carga tributária alta sobre o vinho, que desfavorece o vinho fino nacional diante do vinho fino importado; a longa distância da Campanha Gaúcha dos centros maiores, que resulta em mais custos de produção; a ausência de uma cadeia produtiva mais completa para amenizar os custos; e o contrabando de vinhos.
Abstract: This study aimed to analyze the sociotechnical factors that have contributed to the innovative wine production development in the Campanha Gaúcha region in Southern Rio Grande do Sul State. For such, the sociotechnical transitions methodology was used. Within this transition analysis, the Multi-Level Perspective (MLP) theoretical approach was adopted so as to analyze the wine making industry introduction in a region that has lately grown vitis viniferas, giving rise to fine wines. After a theoretical presentation, two propositions were pointed out, both related to the MLP framework, in order to add to the existing transition studies theory and help in the systematization of factors that can contribute to the adoption of a sociotechnical perspective as well as in understanding the role of these factors in the wine production development in the Campanha Gaúcha region. In order to meet the research objectives, data were collected in two stages, A and B. Both included semi-structured interviews with pre-defined categories. In stage A, three winemaking phases were identified in the region, the first from 1887 to 1969, the second from 1970 to 1999 and the third from 2000 to the present day. These periods correspond respectively to the Experimentation, Stabilization and Resistance phases, which were identified in the theoretical framework. Stage B aimed to identify sociotechnical factors, their combinations and how these evolved over time, thus contributing to the winemaking industry introduction in the Campanha Gaúcha region. Stage B allowed the confirmation of propositions 1 and 2, and highlighted both favorable and unfavorable factors in the winemaking introduction process in the region. The analysis and systematization of the observed multi-level factors are highlighted. Among the most favorable winemaking factors in the Campanha Gaúcha region are: its entrepreneurial and motivational characteristics, the producers' ability to work together to identify opportunities and threats, as well as the joint exploitation of opportunities and reshaping. The least favorable factors were: the high tax burden on wine, which is harmful to national fine wine and favors imported fine wine; the distances between the Campanha Gaúcha and larger centers, which results in higher production costs; the absence of a more comprehensive production chain to mitigate costs; and wine smuggling.
Keywords: Vitivinicultura
Campanha gaúcha
Perspectiva multinível
Winemaking
Multi-level perspective
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Administração e Turismo
Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial e Sistemas Agroindustriais
Citation: SANTOS, Luciana Rochedo Spencer dos. Fatores multiníveis condicionantes da trajetória inovadora da produção vitivinícola na campanha gaúcha. 2017. 204f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial e Sistemas Agroindustriais, Faculdade de Administração e Turismo e Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2017.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://repositorio.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3852
Issue Date: 24-Apr-2017
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento territorial e sistemas agroindustriais: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_Luciana_Rochedo_Spencer_Santos.pdf6,5 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons