Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3892
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Construção e validação de um Questionário de Frequência Alimentar para avaliar o consumo de alimentos cariogênicos em pré-escolares
Other Titles: Development and validation of a food frequency questionnaire to assess the consumption of cariogenic foods in preschool
Authors: Fernandes, Mayra Pacheco
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Muniz, Ludmila Correa
metadata.dc.description.resumo: Durante a infância, a combinação do dente imaturo recém-irrompido em um meio bucal com microbiota cariogênica e frequente ingestão de carboidratos fermentáveis pode proporcionar dentes muitos suscetíveis ao desenvolvimento de lesão de cárie. Os métodos de investigação do consumo de alimentos são considerados ferramentas básicas da epidemiologia nutricional devido à importância da dieta na etiologia de diversas enfermidades, entre elas a cárie dentária, a qual tem sido evidenciada em pesquisas epidemiológicas. No entanto, avaliar o consumo de alimentos cariogênicos ainda é um desafio pela inexistência de instrumentos dietéticos validados com esta finalidade. Por este motivo, o presente estudo teve como objetivo criar e validar um Questionário de Frequência Alimentar (QFA) para analisar o consumo de alimentos cariogênicos entre pré-escolares. Foi desenvolvido um QFA quantitativo contendo 24 alimentos que apresentam potencial cariogênico. Foram incluídas na amostra oitenta e nove crianças com idade entre três e seis anos que estavam aguardando atendimento no Ambulatório da Unidade Clínica Infantil da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Pelotas, sendo 37 do sexo masculino e 52 do sexo feminino. Durante a entrevista o(a) responsável respondia se a criança havia consumido o alimento descrito no QFA no último ano, a frequência de consumo (por dia, semana, mês ou ano) e a porção consumida. A seguir, era perguntado sobre a ingestão alimentar da criança no dia anterior à entrevista. Após, o instrumento foi submetido a um processo de validação, através da comparação dos dados obtidos através do QFA com um método de referência, ou seja, o recordatório alimentar de 24 horas (R24hs). Os alimentos e preparações constantes nos recordatórios foram analisados em relação à composição calórica e de nutrientes no programa ADS Nutri. Os dados dos QFAs foram duplamente digitados em planilhas do programa Excel. A validade foi avaliada comparando os dados de ingestão média de nutrientes obtidos a partir do Questionário de Frequência Alimentar com dados da ingestão de nutrientes obtidos no recordatório alimentar do dia anterior, sendo utilizados os Coeficientes de Correlação de Pearson para avaliar a associação entre as estimativas de ingestão de nutrientes entre os instrumentos. O consumo médio dos nutrientes foi maior quando avaliado pelos recordatórios, enquanto apenas a ingestão de energia e carboidratos foram maiores no QFA. Ao fazer as analises ajustadas para calorias ingeridas, o consumo médio dos nutrientes se manteve igual. A análise estatística revelou que na análise bruta, apesar de se observar correlações positivas e significativas entres os dois métodos, as mesmas apresentaram valores baixos. Já na análise ajustada todos as correlações perderam a significância e, além disso, apresentaram coeficientes de correlação muito baixos, o que não permitiu a validação do questionário. Os resultados do presente estudo indicam que o QFA desenvolvido não foi válido para analisar o consumo de alimentos cariogênicos em pré-escolares, sendo necessária a realização de nova tentativa de validação, comparando o QFA a outro método de avaliação de ingestão.
Abstract: During childhood, the combination of immature tooth newly erupted in a oral environment with cariogenic and frequent intake of fermentable carbohydrates microbiota can provide many teeth susceptible to developing caries. The food consumption of the research methods are considered basic tools of nutritional epidemiology because of the importance of diet in the etiology of various diseases, including tooth decay, which has been shown in epidemiological research. However, evaluating the consumption of cariogenic foods is still a challenge for the lack of dietary validated instruments for this purpose. For this reason, the present study aimed to create and validate a Food Frequency Questionnaire (FFQ) to analyze the consumption of cariogenic foods among preschoolers. A quantitative FFQ containing 24 foods that have cariogenic potential was developed. Were sampled eighty-nine children aged between three and six years who were waiting for service at the Clinic of Pediatric Dentistry, Faculty of Dentistry, Federal University of Pelotas, with 37 males and 52 females. During the interview (a) responsible answered whether the child had consumed the food described in FFQ in the last year, the frequency of consumption (per day, week, month or year) and the consumed portion. Next, was asked about the food intake of the child the day before the interview. After the instrument was subjected to a validation process, by comparing the data obtained from the FFQ with a reference method, that is, dietary recall the previous day (R24hs). Food and preparations listed in the recalls were analyzed for caloric and nutrient composition in ADS Nutri program. Data from QFAs were double entered in Excel spreadsheets. Validity was assessed by comparing the average intake of nutrient data obtained from the Food Frequency Questionnaire with nutrient intake data obtained in the previous day food recall, the Pearson correlation coefficients being used to evaluate the association between estimated nutrient intake between instruments. The average intake of nutrients was higher when evaluated by the recall, while only the intake of energy and carbohydrates were higher in the FFQ. By doing the analysis adjusted for energy intake, the average consumption of nutrients remained the same. Statistical analysis revealed that the crude analysis, although we did see a positive correlations between the two methods, they showed low values. In the adjusted analysis of all the correlations lost significance and, furthermore, show low correlation coefficients, which did not allow validation of the questionnaire. The results of this study indicate that the FFQ developed was not valid to analyze the consumption of cariogenic foods in preschool, being necessary to perform retry validation by comparing the FFQ to another intake assessment method.
Keywords: Inquéritos sobre dietas
Dieta
Estudos de validação
Pré-escolares
Cárie dentária
Dietary surveys
Diet
Validation studies
Preschoolers
Dental caries
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Nutrição
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Nutrição e Alimentos
Citation: FERNANDES, Mayra Pacheco. Construção e validação de um questionário de frequência alimentar para avaliar o consumo de alimentos cariogênicos. 2015. 125f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Nutrição e Alimentos, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2015.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://repositorio.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3892
Issue Date: 10-Jul-2015
Appears in Collections:Pós-Graduação em Nutrição e Alimentos: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_Mayra_Pacheco_Fernandes.pdf1,67 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons