Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/4122
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Potencial de formação de biofilme e suscetibilidade ao extrato metanólico de Butia odorata em isolados de Campylobacter jejuni
Other Titles: Biofilm formation potential and susceptibility to Butia odorata methanolic extract in Campylobacter jejuni isolates.
metadata.dc.creator: Scheik, Letícia Klein
metadata.dc.description.resumo: O emprego das Boas Práticas de Fabricação na indústria de alimentos, como a higienização de superfícies, é importante para evitar a formação de biofilmes. Campylobacter jejuni, que é o principal agente etiológico da campilobacteriose, pode sobreviver em condições adversas no ambiente pela capacidade de formação de biofilme. As bactérias formadoras de biofilme podem adquirir resistência à compostos utilizados como sanitizantes na etapa de sanitização, como o cloreto de benzalcônio (CB). Assim, faz-se necessário a busca por novos compostos com ação antibacteriana que possam ser utilizados em alternativa aos sanitizantes sintéticos. Os extratos de plantas vêm sendo amplamente estudados devido às suas características antimicrobianas e por serem compostos naturais. O extrato metanólico de Butia odorata Barb. Rodr. (EMB) teve sua ação antibacteriana comprovada em estudos anteriores. Portanto, os objetivos deste estudo foram avaliar a influência da superfície, temperatura, atmosfera e co-cultura com Pseudomonas aeruginosa sobre a formação de biofilme de Campylobacter jejuni isolados de abatedouro de frangos da região sul do Rio Grande do Sul, bem como identificar a presença de alguns genes relacionados à formação de biofilme nesses isolados. Também objetivou-se avaliar a suscetibilidade desses isolados ao EMB e ao CB, através do teste qualitativo de disco difusão em ágar para o EMB, e da concentração inibitória mínima (CIM) e da concentração bactericida mínima (CBM) para o EMB e para o CB. A atmosfera não afetou a formação de biofilme monoespécie de C. jejuni tanto em poliestireno como em aço inoxidável. Houve maior formação de biofilme em temperaturas que não são as ótimas para a multiplicação d e C. jejuni. A forma como P. aeruginosa foi inoculada para formar biofilmes duoespécie com C. jejuni (concomitante ou pré-formado por P . aeruginosa), não influenciou a formação de biofilme pelos isolados. Nos biofilmes duo-espécie com P. aeruginosa, as maiores contagens de biofilme por C. jejuni em aço inoxidável ocorreram a 25 oC. Os sete isolados de C. jejuni avaliados possuem 10 genes envolvidos no processo de formação de biofilme, porém o gene katA não foi encontrado em três isolados, e o gene kpsM não foi encontrado em um isolado, o que não afetou a formação de biofilme por esses isolados. O EMB apresentou atividade antibacteriana contra os sete isolados no teste qualitativo de disco difusão em ágar, com halos de inibição acima de 23 mm. A CIM do EMB ficou entre 83,3 e 166,6 μL.mL-1, e a CBM foi o mesmo valor de CIM em todos os isolados. Já para o CB, o valor de CIM ficou entre 1 e 2 μg.mL-1, e a CBM variou entre 1 e 4 μg.mL-1 entre os isolados. Dessa forma, o EMB pode tornar-se uma boa alternativa ao CB empregado na etapa de sanitização em indústrias de alimentos.
Abstract: The employment of good manufacturing practice in the food industry, as surfaces sanitization, is important to avoid the biofilm formation. Campylobacter jejuni, which is the main etiological agent of campilobacteriosis, can survives in adverse environmental conditions by capacity of biofilm formation. Biofilm forming bacteria can acquire resistance to compounds used as sanitizers in sanitization step, such as benzalkonium chloride (BC). Thereby, it is necessary the search for new compounds with antibacterial activity which can be used in alternative to syntetic sanitizers. The plants extracts have been widely studied due to it’s antimicrobial characteristics and for being natural compounds. The Butia odorata Barb. Rodr. methanolic extract (BME) had it’s antibacterial activity proven in studies performed previously. Therefore, the aims of this study were evaluate the factors that influence of surface, temperature, atmosphere and co-culture with Pseudomonas aeruginosa on biofilm formation in Campylobacter jejuni isolated from poultry slaughterhouse of Southern Rio Grande do Sul, Brazil, as well identify the presence of some genes related to biofilm formation in these isolates. Moreover, was aimed to evaluate the susceptibility of these isolates to the BME and to the BC, through the agar disc diffusion qualitative test for BME, and minimum inhibitory concentration (MIC) and minimum bactericidal concentration (MBC) for BME and BC. The atmosphere did not affected the monospecies biofilm formation both in polystyrene and stainless steel. There was greater biofilm formation in temperatures that are not the optimals for C. jejuni growth. The way how P. aeruginosa was inoculated to form dual-species biofilms with C. jejuni (concomitant or preformed by P. aeruginosa) did not influenced the biofilm formation by the isolates. In duo-species biofilms with P. aeruginosa, the higher biofilm counts of C. jejuni in stainless steel occurred at 25 oC. The seven isolates had 10 genes that are involved in biofilm formation process, but the katA gene was not found in three isolates, and the kpsM gene was not observed in one isolate, which did not affected the biofilm formation by these isolates. The BME presented antibacterial activity against the seven C. jejuni isolates tested in the qualitative test of agar disc diffusion, resulting in inhibition halos above of 23 mm. The MIC of BME ranged between 83,3 and 166,6 μL.mL-1, and the MBC was the same value that MIC in all isolates. Already for BC, the MIC value stay between 1 and 2 μg.mL-1, and the MBC value ranged between 1 and 4 μg.mL- 1 among isolates. In this way, the BME can become a good alternative to the BC employed in sanitization step in food industries.
Keywords: Biofilme mono-espécie
Biofilme duo-espécie
Aço inoxidável
Sanitizantes
Extratos de plantas
Monospecies biofilm
Dual-species biofilm
Stainless steel
Sanitizers
Plants extracts
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::CIENCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos
Citation: Klein Scheik, Letícia. Potencial de formação de biofilme e suscetibilidade ao extrato metanólico de Butia odorata em isolados de Campylobacter jejuni. 2018. 71f. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) – Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos, Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2018.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/4122
Issue Date: 26-Feb-2018
Appears in Collections:Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Letícia-Final.pdf1,63 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.