Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/4871
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Folhas de Oliveira (Olea europaea L): composição em bioativos, atividades antioxidante e biológica
metadata.dc.creator: Antunes, Bruna da Fonseca
metadata.dc.contributor.advisor1: Zambiazi, Rui Carlos
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Jacques, Andressa Carolina
metadata.dc.description.resumo: A Oliveira (Olea europaea L.) é pertencente à família botânica Oleaceae, sendo considerada uma das frutíferas mais antigas cultivadas pelo homem. As folhas da oliveira são normalmente descartadas durante o processo de produção da azeitona, e portanto, ainda pouco exploradas. Porém, são atribuídas as folhas vários efeitos benéficos para a saúde, principalmente devido ao conteúdo de compostos com atividades bioativas. Afim de valorizar as características nutricionais e bioativas este estudo foi dividido em dois experimentos, e teve como objetivo realizar a caracterização físico-química, quantificar os compostos bioativos, assim como avaliar o potencial biológico das folhas de oliveira. Foi determinada a composição proximal, pH, acidez titulável, conteúdo em minerais, compostos bioativos, compostos fenólicos individuais, atividade antioxidante, antividade antimicrobiana e avaliação do efeito na glicemia, perfil lipidico e na peroxidação lipidica de extrato aquoso de folhas de oliveira em ratos alimentados com dietas hiperlipídicas. As folhas de oliveira apresentaram alto teor de fibras e de proteínas, e os minerais predominantes foram o potássio e o cálcio. Um alto conteúdo de compostos bioativos foi encontrado, sendo os flavonoides, carotenoides, rutina e campferol, apresentando um maior conteúdo. As folhas de oliveira apresentaram uma alta atividade antioxidante e potencial antibacteriano frente a E. coli e S. aureus. Foram encontradas diferenças no conteúdo das folhas, na caracterização físico-química e proximal, bem como na quantificação de compostos bioativos, atividade antioxidante e antimicrobiana dentre as diferentes cultivares estudadas. O consumo de extrato de folhas de oliveira pelos ratos promoveu alterações no perfil lipidico e efeito benéfico em relação aos níveis de TBARS. Devido a sua composição química rica em nutrientes e compostos com propriedade bioativas, além de suas consideravéis atividades antioxidante e biológica, as folhas de oliveira, podem vir a ser uma opção como suplemento alimentar.
Abstract: Oliveira (Olea europaea L.) belongs to the botanical family Oleaceae, being one of the oldest fruit grown by man. The olive leaves are usually discarded during the olive production process, and therefore, they are still little explored. However, it is attributed to them beneficial health effects, mainly due to the presence of compounds with bioactive activities. In order to valorize its nutritional and bioactive characteristics, a complete characterization is necessary. This study was divided in two experiments, and had as objective the physicochemical evaluation and bioactive compounds content, as well as the biological evaluation of the olive leaves. It was determined the proximal composition, pH, titratable acidity, minerals, bioactive compounds, individual phenolic compounds, antioxidant activity, antimicrobial activity, glycemia evaluation, lipid profile and lipid peroxidation of aqueous extracts of olive leaves in rats fed with hyperlipidic diets. Olive leaves are high in fiber and protein, with potassium and calcium as the major minerals. A high content of bioactive compounds was found, being the flavonoids, carotenoids, rutin and campferol the major ones. Olive leaves showed antioxidant activity and potentiall against bacterial E. coli and S. aureus. Differences were found in the leaves from diferent cultivars, in the physico-chemical and proximal characterization, as well as in the bioactive compounds content, antioxidant and antimicrobial activity. The consumption of olive leaf extract by rats promoted changes in the lipid profile and a beneficial effect in relation to TBARS levels. Due to their composition, antioxidant and biological properties, olive leaves may prove to be an option as a food supplement.
Keywords: Nutrição
Oliveiras
Resíduos agroindustriais
Compostos bioativos
Estresse oxidativo
Ratos Wistar
Olive tree
Agroindustrial waste
Bioactive compounds
Oxidative stress
Wistar rats
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Nutrição
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Nutrição e Alimentos
Citation: ANTUNES, Bruna da Fonseca. Folhas de Oliveira (Olea europaea L): Composição em Bioativos, Atividades Antioxidante e Biológica. 2018. 90f. Projeto de Dissertação (Mestrado em Nutrição e Alimentos) – Programa de Pós-Graduação em Nutrição e Alimentos, Faculdade de Nutrição, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2018.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/4871
Issue Date: 28-Feb-2018
Appears in Collections:PPGNA: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_Bruna_Antunes.pdf1,32 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons