Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/6493
metadata.dc.type: doctoralThesis
Title: Efeitos crônicos de diferentes modelos de exercício físico sobre parâmetros comportamentais e do sistema colinérgico em um modelo experimental de neuroinflamação.
Other Titles: Chronic effects of different models of physical exercise on behaviors parameters and collinergic system in animal modelo of neuroinfllamtion.
metadata.dc.creator: Gonzales, Nicole Gomes
metadata.dc.contributor.advisor1: Rombaldi, Airton José
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Spanevello, Rosélia Maria
metadata.dc.description.resumo: Objetivos: Comparar os efeitos de seis semanas de exercício intermitente de alta intensidade e exercício contínuo de intensidade moderada sobre atividade locomotora, memória e atividade das enzimas AChE e Na+K+-ATPase de camundongos fêmeas da linhagem C57BL/6 induzidas à neuroinflamação por lipopolissacarídeo (LPS). Métodos: Os animais foram divididos em três grupos: grupo controle (GC) (n=10), grupo exercício contínuo de intensidade moderada (GCON) (n=10) e grupo exercício intermitente de alta intensidade (GHIIT) (n=10). Setenta e duas horas após a última sessão de exercício os animais receberam uma injeção com 250 μg/kg de LPS advindos da bactéria Escherichia coli. Resultados: Os protocolos de exercício físico não modificaram nenhum dos parâmetros avaliados pelo teste de campo aberto. O grupo HIIT apresentou maior percentual de exploração do objeto no teste de memória de reconhecimento de objetos em comparação com o grupo GCON [F(2,25)=5,01, p=0,01]. O grupo HIIT apresentou maior atividade da enzima AChE e reduzida atividade da enzima da Na+K+-ATPase em córtex cerebral e o GCON demonstrou maior atividade da enzima Na+K+-ATPase no hipocampo. Conclusão: Seis semanas de exercício intermitente de alta intensidade e contínuo de intensidade moderada geraram melhoras na memória de curto prazo dos animais, observada através do teste de memória de reconhecimento de objetos, com resultados mais significativos no grupo HIIT em comparação com os demais grupos. Após o treinamento foram observadas elevações na atividade da AChE e reduções na Na+K+-ATPase no córtex cerebral de animais que realizaram HIIT. Estudos adicionais são necessários para verificar quais mecanismos neuroquímicos estão relacionados ao exercício físico e de que forma interferem no padrão comportamental e na memória dos animais.
Abstract: Objective: To compare the effects of six weeks of high intensity intermittent exercise and continuous moderate exercise on locomotor activity, memory and activity of the AChE and Na+K+-ATPase enzymes of female C57BL/6 mice induced by lipopolysaccharide neuroinflammation (LPS). Methods: The animals were divided into three groups: control group (CG) (n = 10), continuous intensity group (GCON) (n = 10) and high intensity intermittent exercise group (n = 10) . Seventy-two hours after the last exercise session, animals received an injection with 250 μg/kg of LPS from Escherichia coli bacteria. Results: Physical exercise protocols did not modify any of the parameters evaluated by the open field test. The HIIT group presented higher percentage of object exploration in the object recognition memory test compared to the GCON group [F (2,25) = 5.01, p = 0.01]. The HIIT group showed higher activity of the AChE enzyme and reduced Na+K+-ATPase enzyme activity in the cerebral cortex, and GCON showed higher Na+K+-ATPase enzyme activity in the hippocampus. Conclusion: Six weeks of high-intensity intermittent and continuous moderate exercise led to improvements in the short-term memory of the animals, observed through the object recognition memory test, with more significant results in the HIIT group compared to the other groups. After training, elevations in AChE activity and reductions in Na+K+-ATPase were observed in the cerebral cortex of animals that underwent HIIT. Further studies are needed to verify which neurochemical mechanisms are related to physical exercise and how they interfere with the behavior pattern and the memory of the animals.
Keywords: Exercício aeróbio
Treinamento intervalado de alta intensidade
Reconhecimento
Memória
Acetilcolinesterase
Aerobic exercise
High intensity intermitente training
Recognition
Memory
Acetylcholinesterase
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Escola Superior de Educação Física
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação Física
Citation: GONZALES, Nicole Gomes. Efeitos crônicos de diferentes modelos de exercício físico sobre parâmetros comportamentais e do sistema colinérgico em um modelo animal de neuroinflamação. 2018. 153f. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Escola Superior de Educação Física, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2018.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/6493
Issue Date: 23-May-2018
Appears in Collections:PPGEF: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Nicole-Gomes-Gonzales.pdf2,05 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons