Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/6741
metadata.dc.type: article
Title: “Mas o que é, afinal, um negro? E, para começar, de que cor é?”: a evolução da imagem do negro no teatro francês do século XX.
Other Titles: "Mais ce qui est, après tout, un homme noir? Et, pour commencer, de quelle couleur s’agit-il?" : l’évolution de l’image du noir dans Français théâtre du XXe siècle.
"But what is, after all, a black man? And, for starters, what color is it?": the evolution of the image of the black in the French theater of the twentieth century.
Authors: Fernandes, Fernanda Vieira
Abstract: Este artigo propõe uma breve pesquisa sobre a aparição e a evolução da figura do negro nas artes cênicas na França, detendo-se mais especificamente ao final do século XIX e ao século XX. A base de estudo é a publicação Du Noir au nègre: l’image du Noir au théâtre, de Marguerite de Navarre à Jean Genet (1550-1960), de Sylvie Chalaye. Além da observação de aspectos sociopolíticos e das formas utilizadas para representar o negro em cena, detalhadamente descritos por Chalaye, lança-se aqui também o olhar sobre essas imagens que se modificaram a partir da expansão colonial europeia na África e criaram caricaturas e estereótipos. O estudo encerra-se com Os negros (1959), de Jean Genet. Nessa peça, o dramaturgo valeu-se justamente do grotesco para, mais do que denunciar, buscar desintegrar o imaginário sobre o negro, posto até aquele momento. A reflexão sobre o rompimento que Genet promove, levando aos limites a representação teatral da relação entre brancos e negros, encerra o debate proposto e reforça o questionamento que o autor lança na epígrafe da obra dramática sobre o que seria um negro e que cor teria esse sujeito, citada no título deste artigo.
Keywords: CHALAYE, Sylvie
GENET, Jean
"Os negros"
Personagem negra
Teatro francês
"Les Nègres"
Personnage noir
Théâtre français
metadata.dc.language: por
Publisher: UNESP
Citation: FERNANDES, F. V.. "Mas o que é, afinal, um negro? E, para começar, de que cor é?": a evolução da imagem do negro no teatro francês do século XX. REBENTO: REVISTA DAS ARTES DO ESPETÁCULO, São Paulo, n. 6, p. 253-271, 2017. Disponível em: http://www.periodicos.ia.unesp.br/index.php/rebento/article/view/141. Acesso em: 28 de dez. de 2020.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/6741
Issue Date: 2017
Appears in Collections:Teatro: Artigos de periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Mas_o_que_e_afinal_um_negro.pdf717,71 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons