Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3793
Tipo: masterThesis
Título: Caminhos e Lugares: modelo de mobilidade e sistema de assentamento entre os proto-Jê meridionais na região de Campo Belo do Sul, SC
Autor(es): D'Ávila, Luísa Nunes
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Corteletti, Rafael
Resumo: Busquei, ao longo dessa pesquisa, demonstrar o processo de ocupação Proto-Jê meridional na região de Campo Belo do Sul, e como o sistema de assentamento regional poderia ser pensado e estruturado em relação à mobilidade na paisagem. Articulando as informações foi possível demonstrar padrões de comportamento em relação a diferentes espaços, e como a ocupação regional se estendeu orientada pelos padrões de acessibilidade e visibilidade dos assentamentos, em uma paisagem cultural. Dessa forma, ao relacionar lugares, cultura material e mobilidade, por meio da noção de construção social e uso do espaço, cruzei essa paisagem cultural complexa em quatro camadas: ambiente, por meio da observação, reconstrução e comparação de características ambientais aos padrões culturais; sistema, pensando as dinâmicas de ocupação e uso de espaços diferentes; poder, relacionando os padrões de mobilidade ao controle político e econômico do território, bem como a reafirmação de identidades sócio-culturais; e experiência, na forma de integrar aspectos cognitivos na noção de espacialidade, territorialidade e transitabilidade. Destaco que essas relações são múltiplas, e estão intrinsecamente conectadas no processo de ocupação de 600 anos da região.
Abstract: Throughout this research, I sought to demonstrate the Southern Proto-Jê occupation process in the Campo Belo do Sul region, and how the regional settlement system could be thought of and structured in relation to landscape mobility. By articulating the information it was possible to demonstrate patterns of behavior in relation to different spaces, and how the regional occupation was extended guided by the standards of accessibility and visibility of the settlements, in a cultural landscape. Thus, by relating places, material culture and mobility, through the notion of social construction and use of space, I crossed this complex cultural landscape into four layers: environment, through observation, reconstruction and comparison of environmental characteristics to cultural standards; system, thinking about the dynamics of occupation and use of different spaces; power, relating the patterns of mobility to the political and economic control of the territory, as well as the reaffirmation of socio-cultural identities; and experience, in the form of integrating cognitive aspects into the notion of spatiality, territoriality and transitability. I point out that these relationships are multiple, and are intrinsically connected in the process of occupying 600 years of the region.
Palavras-chave: Arqueologia Proto-Jê Meridional
Arqueologia regional
Sistema de assentamento
Mobilidade
Geoprocessamento
Southern Proto-Jê Archaeology
Regional archaeology
Settlement system
Mobility
Geoprocessing
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::ARQUEOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Federal de Pelotas
Sigla da Instituição: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Antropologia
Tipo de Acesso: OpenAccess
URI: http://repositorio.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3793
Data do documento: 15-Ago-2017
Aparece nas coleções:Pós-Graduação em Antropologia: Dissertações e Teses

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Luísa_Nunes_d'Ávila_Dissertação.pdf24,12 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons