Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/4782
metadata.dc.type: masterThesis
Title: A cartografia social como narrativa cartográfica no ensino de geografia: uma análise bibliográfica a partir de artigos científicos do Encontro Nacional de Práticas do Ensino de Geografia e do Colóquio de Cartografia para Crianças e Escolares
Other Titles: Social cartography as a cartographical narrative on geography teaching: the literature review of scientific papers from the National Meeting of Geography Teaching Practice and the Colloquium on Cartography for Children and Students.
metadata.dc.creator: Souza, Camila Paula de
metadata.dc.contributor.advisor1: Dias, Liz Cristiane
metadata.dc.description.resumo: Ao considerar nesta pesquisa o fato de que os mapas não são politicamente neutros, que possuem uma intencionalidade e reproduzem discursos hegemônicos, entende-se que o ensino da Cartografia Escolar também é influenciado por este contexto, sendo assim, as práticas escolares em Cartografia são construídas por narrativas condicionadas por alguns fatores subjetivos. O desenvolvimento das práticas escolares intencionam a adoção de determinados modelos de ensino regidos pelos paradigmas de uma sociedade capitalista, investindo de forma subjetiva na proposição de narrativas cartográficas no contexto escolar. Assim sendo, o objetivo desta pesquisa caracteriza-se pela análise dos artigos científicos do 12º Encontro Nacional de Práticas de Ensino em Geografia e do IX Colóquio de Cartografia para Crianças e Escolares, a fim de investigar quais as narrativas cartográficas são construídas nas práticas escolares, e também busca-se verificar a aproximação do conceito de Cartografia Social nessas práticas. Para tanto, parte-se de uma revisão bibliográfica que problematiza o tema em questão a partir de discussões em torno da Cartografia Social no espaço escolar, bem como, tendo como referência analítica a proposta de Ball, na qual se relaciona a temática com o Contexto de Prática, previsto no Ciclo de Políticas. O percurso metodológico está fundamentado em uma pesquisa qualitativa, que se apoia na Análise de Conteúdo e na Análise Textual Discursiva, com isso a investigação dos artigos ocorre por meio de alguns parâmetros que orientam a análise para a captação das narrativas cartográficas mediante as práticas escolares.No que tange a análise dos dados foi desenvolvida em concordância ao objetivo da pesquisa e organiza-se em dois eixos de investigação, a saber, a Cartografia Social como narrativa cartográfica e as narrativas cartográficas construídas nas práticas escolares. Além disso, o texto aborda outro conceito que condiciona a investigação sobre o processo subjetivo na construção das narrativas: o Currículo; de forma a ressaltar as relações de disputa na constituição deste documento condizentes com um discurso hegemônico. Entre as proposições destacadas nos resultados desta pesquisa constata a teorização que fora desenvolvida e certificam que as práticas escolares condicionam a construção das narrativas cartográficas, na medida em que ocorrem arranjos que lidam com uma complexidade da temática no espaço escolar. Por fim, afirma-se que as narrativas cartográficas são conceituadas e recontextualizadas em um processo que não é linear, sendo elas derivadas de diversos contextos escolares, decorrentes dessa forma da intencionalidade da ação docente e da protagonização dos alunos em suas produções cartográficas.
Abstract: This research considers maps as not being politically unbiased, as having some intent, and as reproducers of hegemonic discourses. Accordingly, the teaching of Cartography is also influenced by this context, and in consequence, the school practices of Cartography are constructed off narratives that are conditioned by a few factors. The development of such school practices adopt certain learning models guided by the paradigms of a capitalist society, when subjectively establishing the proposition of cartographical narratives in the school environment. Thus, the target of this research is founded on the analysis of scientific papers from the 12º National Meeting of Geography Teaching Practice (ENPEG) and the IX Colloquium on Cartography for Children and Students though a literature review. The papers were examined on which cartographical narratives are constructed in the school practices, and by verifying the closeness of the Social Cartography concept to these practices. The examination was focused on discussing the Social Cartography within the school environment, and by also using an analytical reference from the propositions of Ball, when relating this theme with the Context of the Practices as stipuladed by the Policy Cycle. The methodology path chosen for this research can categorize it as qualitative, by focusing on Content Analysis and on the Discursive Textual Analysis. The scientific papers were examined under standards that allow gathering the cartographical narratives through the school practices described in these papers.When analyzing the collected data this research moved along with the targeted objective, based off two investigative foundations; the Social Cartography as a cartographical narrative and the cartographical narratives developed thoughout the school practices. In addition, the curriculum was approached as a conditional concept for investigating the subjective process behind the construction of the narratives, by emphasizing the relations of dispute that can lead to an hegemonic discourse within the development of this document. As a result, a few propositions were observed such as the previously developed theorization, that certify the conditioning from the school practices over the construction of cartographical narratives, since these arrays occur involving the complexity of this theme inside the school environment. Furthermore, the cartographical narratives are conceptualized and recontextualized in a non-linear process, once they derive from a variety of school contexts resulting from the intentionality of the teachers' actions and from the students being protagonists of their own cartographical creations.
Keywords: Cartografia social
Práticas escolares
Narrativa
ENPEG
Colóquio de cartografia para crianças e escolares
Social cartography
School practices
Narrative
Curriculum
Colloquium on cartography for children and students
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Geografia
Citation: SOUZA, Camila Paula de. A Cartografia Social como narrativa cartográfica no Ensino de Geografia: uma análise bibliográfica a partir de artigos científicos do Encontro Nacional de Práticas do Ensino de Geografia e do Colóquio de Cartografia para Crianças e Escolares. 2018. 124 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Programa de Pós-Graduação em Geografia, Instituto de Ciências Humanas, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2018.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/4782
Issue Date: 22-May-2018
Appears in Collections:PPGeo: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Camila_Paula_Souza_Dissertacao.pdf1,75 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons