Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/5539
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Na encruzilhada das práticas e memórias negras: benzedura e ancestralidade no município de Pelotas-RS.
Other Titles: At the crossroads of black practices and memories: blessing and ancestry in the municipality of Pelotas-RS.
metadata.dc.creator: Silva, Ana Paula Melo da
metadata.dc.contributor.advisor1: Dias, Liz Cristiane
metadata.dc.description.resumo: A benzedura é uma prática comum em todo território brasileiro, sua utilização enquanto modalidade de cura data de tempos imemoriais. No presente trabalho considera-se esta enquanto prática híbrida, formada através do conjunto de culturas africanas, indígenas e europeias, no entanto debruça-se com maior afinco acerca das contribuições negro-africanas por considerar que a prática foi imprescindível para a manutenção da vida e possibilidade de sobrevivência durante a diáspora e que ainda hoje atua enquanto alternativa de cura e autocuidado. Para além de sua concepção atrelada ao processo de saúde-doença, interpreta-se a benzedura também como um processo de aprendizagem para seus atores. Dessa forma, o objetivo desta dissertação de mestrado é compreender, através de narrativas de benzidos, os saberes que são potencializados, assimilados ou desencadeados através da experiência de benzedura bem como traçar uma análise acerca das possíveis formas de ocorrência destes. Para tanto foi elaborado, através da metodologia de história oral, um memorial desenvolvido por meio da narrativas de dez benzidos do município de Pelotas/RS que permite visualizar as motivações, o processo da benzedura e o que permaneceu após a experiência e que, por vezes, é perpetrado no cotidiano. Para embasar estes apontamentos e usar as lentes adequadas para tanto, integra o processo de pesquisa também uma revisão bibliográfica que utiliza-se principalmente de referenciais da Geografia, da educação e também das temáticas étnico-raciais, voltadas em especial, para o estudo da ancestralidade, do repasse de saberes e experiências e práticas negras de sobrevivência e resistência.
Abstract: Benediction is a common practice carried out all over the Brazilian territory that has been running throughout the country back in history as an exercise of cure. The present paper deems benediction as a hybrid practice – which combines elements stemmed from the diverse African, indigenous and European cultures – nevertheless, it is more concerned about the Negro-African contributions for taking into account that its exercise has been essential to the maintenance of life and moreover to the likelihood of surviving the diaspora so far in place for both healing and self-care alternatives. Beyond the conception associated only to the health-disease operation, benediction can also be interpreted as a learning process for their actors. Thus, the objective of the present master’s thesis is to stand out the understand, through narratives of blessed, the cognition that is potentiated, assimilated or triggered through the experience of benediction and to analyze about the possible ways of their occurrence . For the purpose of this paper, a memorial developed from the narratives reasoned by ten inhabitants of the municipality of Pelotas, RS, Brazil, who have been blessed, allows visualizing the motivations, the process of benediction and what remained after the experience and that, at times, is perpetrated in the everyday life. As to support these notes and to use the adequate lens to do so, the research process also comprises a bibliographic review which mostly uses references based on Geography, Education and ethnic-racial themes, all focused especially on the ancestry study, on the conveyance of knowledge and experiences and also on Negro practices of survival and resistance.
Keywords: Benzedura
Benzidos
Ancestralidade
Transmissão de saberes
Conhecimentos afrodiaspóricos
Blessing
Blessed
Ancestry
Transmission of knowledge
Knowledge african diaspora
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Geografia
Citation: SILVA, Ana Paula Melo da. Na encruzilhada das práticas e memórias negras: benzedura e ancestralidade no município de Pelotas-RS. 2019. 136 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Programa de Pós-Graduação em Geografia, Instituto de Ciências Humanas, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2019.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/5539
Issue Date: 29-Aug-2019
Appears in Collections:PPGeo: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Paula Melo da Silva_Dissertacao.pdf1,46 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons