Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/5801
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Atuação dos Enfermeiros da Estratégia Saúde da Família na Promoção da Saúde dos Idosos.
Other Titles: Performance of Nurses of Family Health Strategy in the Elderly’s Promotion of Health.
metadata.dc.creator: Rodrigues, Mônica Canilha Tortelli
metadata.dc.contributor.advisor1: Lange, Celmira
metadata.dc.description.resumo: O envelhecimento populacional, observado mundialmente, está proporcionando mudanças importantes no modo de planejar a velhice na sociedade. Para a promoção da saúde dos idosos ser efetiva torna-se essencial que os enfermeiros, especialmente os da Estratégia Saúde da Família (ESF), estejam comprometidos com assistência integral à saúde dos idosos. Este estudo objetivou identificar a atuação dos enfermeiros da ESF na promoção da saúde dos idosos do município de Pelotas/RS, tendo como embasamento os atributos essenciais da Atenção Primária à Saúde (APS): atenção ao primeiro contato, longitudinalidade, integralidade, coordenação da atenção definidos no referencial teórico de Bárbara Starfield. Estudo qualitativo, exploratório e descritivo, realizado em 16 Unidades Saúde da Família (USF), na zona urbana e rural do município, com 16 enfermeiros. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). As USF e os enfermeiros foram sorteados aleatoriamente. A coleta de dados ocorreu de julho a agosto de 2013 por meio de entrevistas semi-estruturadas e anotações em diário de campo. Os dados foram analisados e discutidos conforme a proposta operativa de Minayo. A maioria dos participantes foi do sexo feminino, casado, com idades entre 31 e 59 anos, graduados na UFPel e com pós-graduação em ESF. O tempo de profissão variou de 6 a 30 anos e o tempo de trabalho na mesma USF esteve entre um e 11 anos. Os resultados mostram que o acesso do idoso nas USF apresentou problemas quanto ao grau de tolerância a consultas não agendadas e quanto a estrutura física, a qual estava precária para atender o idoso que possui alguma dependência; porém destacou-se o esforço de grande parte dos enfermeiros para ampliar o acesso por meio do acolhimento de enfermagem. Averiguou-se também que a totalidade dos enfermeiros afirmou que conseguem identificar os idosos de sua área de abrangência e acreditam que a maioria dos idosos reconhece a USF como fonte regular de atenção, configurando uma boa relação interpessoal entre ambos. Deste modo, o atributo da longitudinalidade está presente em algumas USF pesquisadas. Porém, a integralidade está contemplada de maneira superficial, pois a atuação da maioria dos enfermeiros está centralizada nas visitas domiciliares, no grupo do hiperdia e na consulta de enfermagem. Não possuem um programa de promoção da saúde específico ao idoso, embora estejam cientes do acelerado envelhecimento da população. A maioria das unidades não possui um cadastro específico de acompanhamento do idoso. Os enfermeiros entrevistados têm mais controle dos idosos dependentes e com doenças crônicas não transmissíveis por meio da visita domiciliar e do grupo do hiperdia. Os demais idosos que não se enquadram nestas situações, não são acompanhados periodicamente. Assim, a coordenação da atenção não abrange todos os idosos da área de abrangência das USF. Espera-se que os resultados encontrados, estimulem os gestores públicos para efetivarem um programa específico de atenção a saúde dos idosos que auxilie os enfermeiros das USF para direcionarem sua assistência para além da doença, priorizando no seu cotidiano de trabalho ações de promoção à saúde.
Abstract: The ageing population, observed at the whole world, is providing important changes in the way of planning the old age in the society. To the elderly’s promotion of health be effective, it is essential that nurses, especially the ones of Family Health Strategy (ESF), be compromised with the whole assistance to elderly health. This study aimed to identify the action of nurses of ESF in the promotion of health of elderly in Pelotas/RS, having as basis the essential attributes of Primary health Care (APS): attention to first contact, longitudinality, integrality, coordination of attention defined in the theoretical background of Bárbara Starfield. Qualitative study, exploratory and descriptive, accomplished in 16 Family Health Unities (USF), in the countryside of the town, with 16 nurses. The research was approved by the Ethics in Research Committee of the Faculdade de Enfermagem of the Universidade Federal de Pelotas (UFPel). The USF and nurses were randomly raffled. Data collection occurred in July to August of 2013 through semi structured interviews and notes in a field journal. Data was analyzed and discussed according to the operative proposal of Minayo. The most of participants was female, married, 31 to 59 years old, graduates in UFPel and with post-graduation in ESF. The length of employment ranged between 6 to 30 years and length of employment at the same USF was between one and 11 years. The results show that the access that elderly has at USF presents problems as the degree of tolerance for unscheduled consultations and as the physical structure, which was precarious to comply the elderly who has some dependency; however, it was highlighted the effort of the most part of nurses to expand the access through the nursing welcome. It was also ascertained that the totality of nurses affirmed that they can identify the elderly of their coverage area and believe that the most of elderly recognize the USF as a regular source of attention, setting a good interpersonal relation between both. In this way, the attribute of longitudinality is present in some researched USF. At the same time, the whole care is contemplated in a superficial way, because the action of the most of nurses is focused on home visits, HiperDia group and on the nurse consultation. They don’t have a specific promotion of health program to elderly, although they are aware about the quickly population aging. The most of unities doesn’t have a specific cadaster to monitoring of the elderly. Nurses who were interviewed had more control about dependents elderly and who had non-communicable chronic diseases through home visits and HiperDia group. Other elderly who don’t fit in this situation are not periodically monitored. Is this way, the coordination of attention doesn’t embrace all elderly of the area of the USF. It is hoped that the found results encourage the public managers to actualize a specific program to health attention to elderly which help the nurses of USF to head their care to beyond the disease, prioritizing daily at work actions to health promotion.
Keywords: Enfermagem
Idoso
Atenção Primária à Saúde
Saúde da família
Papel do Enfermeiro
Promoção da saúde
Nursing
Aged
Primary Health Care
Family health
Nurse's role
Health promotion
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Enfermagem
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Enfermagem
Citation: RODRIGUES, Mônica Canilha Tortelli. Atuação dos enfermeiros da Estratégia Saúde da Família na promoção da saúde dos idosos. 2013. 84 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) – Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Faculdade de Enfermagem, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2013.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/5801
Issue Date: 19-Nov-2013
Appears in Collections:Pós-Graduação em Enfermagem: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_Monica_Rodrigues.pdf1,7 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons