Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/7329
metadata.dc.type: masterThesis
Title: "Nestas atormentadas ruas você pode comprar qualquer coisa": consciência, cultura e experiência nas letras dos Manic Street Preachers (1988 a 1994).
Other Titles: "In these plagued streets you can buy anything": Consciousness, culture and experience in the lyrics of the Manic Street Preachers (1988 a 1994).
metadata.dc.creator: Brandão, Lucas da Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Fuão, Juarez
metadata.dc.description.resumo: O conceito de Consciência de Classe usado por E. P. Thompson correlaciona experiência e cultura de uma classe em seu processo de formação, de tal forma que a consciência de uma classe é inequivocamente indissociável a ela. Partindo desse pressuposto, e amparado pelo Materialismo Histórico-Dialético, este trabalho analisa as letras gravadas de 1989 a 1994 da banda de rock Manic Street Preachers, formada em 1989 por quatro músicos galeses que testemunharam em sua adolescência a Grande Greve dos Mineiros de 1984/85 contra a política de ―modernização da matriz energética‖ de Margareth Thatcher fecharia centenas de minas de carvão, comprometendo a subsistência de várias cidades do sul da Inglaterra e de Gales. Depois de dois desses músicos formarem-se historiadores na Universidade de Cardiff, País de Gales, os quatro formariam uma das mais notáveis bandas britânicas da década de 90, com sua anacrônica atitude punk e glam contrastando contra a cena Madchester/Shoegazing vigente no final dos anos 80. Suas letras, em especial ao longo dos primeiros 3 LPs e gravações circunvizinhas, demonstram um engajamento político loquaz, com críticas e reflexões à Grã Bretanha, aos Estados Unidos e ao capitalismo como um todo, mas gradualmente, ao longo destes 3 álbuns, refletindo sobre as condições do ser humano no sistema capitalista e na própria natureza humana. O trabalho discute o músico enquanto trabalhador na indústria cultural e suas estratégias de expressar sua consciência apesar das exigências da indústria fonográfica, além de referenciar e categorizar os temas abordados pela banda.
Abstract: The concept of Class as used by E. P. Thompson correlates experience and culture of a given class in its formation process in such way that the ―self-awareness‖ of a class and the class itself are unmistakably inseparable. Based on this, and supported by Dialectical and Historical Materialism, this work analyzes the lyrics recorded from 1989 to 1994 by the rock band Manic Street Preachers, assembled in 1989 by four Welsh musicians who, in their teens, witnessed the Great Miners‘ Strike (1984/85) against Margaret Thatcher's ‗modernization of the power matrix‘ policy closed hundreds of coal mines, undermining the livelihoods of several cities in southern England and Wales. After two of these musicians gratuated in History at Cardiff University, Wales, the quartet became one of the most notable British bands of the 1990s, with their anachronistic punk and glam attitude contrasting against the Madchester / Shoegazing scene. His lyrics along their first 3 LPs demonstrate loquacious political engagement, comentary on Britain, the United States, and capitalism as a whole, but gradually throughout considering about the conditions of the human being in the capitalist system and in human nature itself. The work discusses the musician as a worker in the cultural industry and his strategies of expressing his conscience despite the demands of the music market, as well referencing and categorizing the themes addressed by the band.
Keywords: Consciência
Classe
Música
Rock
Grã-Bretanha
Consciousness
Class
Music
Rock
Great Britain
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em História
Citation: BRANDÃO, Lucas da Silva. “Nestas atormentadas ruas você pode comprar qualquer coisa”: Consciência, cultura e experiência nas letras dos Manic Street Preachers (1988 a 1994). 2019. 145p. Dissertação (Mestrado em História) - Programa de Pós-Graduação em História, Instituto de Ciências Humanas, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2019.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/7329
Issue Date: 26-Apr-2019
Appears in Collections:PPGH: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Lucas_da_Silva_Brandao_Dissertação.pdf1,71 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons