Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/7521
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Panorama da prevalência de doenças relacionadas ao saneamento ambiental inadequado no Rio Grande do Sul e sua correlação com indicadores de saneamento
Other Titles: Panorama of the inadequate environmental sanitation related disease in the Rio Grande do Sul and their correlation with sanitation indicators
metadata.dc.creator: Dall’Agnol, Ana Luiza Bertani
metadata.dc.contributor.advisor1: Quadro, Maurizio Silveira
metadata.dc.description.resumo: As infraestruturas operacionais de saneamento são compostas por serviços de abastecimento de água, esgotamento sanitário, resíduos sólidos e drenagem de águas pluviais. A falta ou a ineficiência dessas funções acarreta prejuízos à qualidade de vida da população, incluindo o favorecimento ao acometimento de algumas enfermidades, que são classificadas como Doenças Relacionadas ao Saneamento Ambiental Inadequado (DRSAI), pois estão associadas à água, às excretas e alguns vetores. Assim, o objetivo deste trabalho foi verificar se existe associação entre as condições de saneamento dos municípios com a prevalência de internações em virtude das doenças relacionadas com a deficiência do saneamento no estado do Rio Grande do Sul. Foram considerados os dados secundários do Sistema Único de Saúde (SUS) para internações hospitalares e do Sistema Nacional de Informações de Saneamento (SNIS) e do Sistema de Informação da Atenção Básica (SIAB) para os indicadores de saneamento dos municípios. Foi realizada uma análise descritiva das internações por DRSAI por grupos de municípios, conforme sua população, considerando todos os municípios do estado para o ano de 2010. Posteriormente, foi realizada uma análise de correlação de Pearson, com dados de 2003 a 2015, através de indicadores de saneamento com as internações hospitalares de 32 municípios do estado. Os resultados mostraram que as internações por DRSAI no Rio Grande do Sul tiveram uma redução entre 1998 e 2018. Contudo, ainda foram notificadas 427.323 internações por DRSAI no estado nesse mesmo período e que, dentre as doenças do grupo, as diarreias são as mais frequentes, representando 93,7% do total. As análises de correlação mostraram que há evidências de que o saneamento exerce influência no comportamento das taxas de internações, visto que foram encontrados resultados significativos (p<0,05). A maioria das correlações foram inversamente proporcionais entre os indicadores de saneamento com as taxas de internações por DRSAI, indicando que incrementos nas infraestruturas de saneamento podem reduzir o acometimento de DRSAI. Assim, ressalta-se a importância dos investimentos nos setores do saneamento, além da intensificação da saúde preventiva para evitar a propagação das doenças aqui avaliadas.
Abstract: The operational sanitation infrastructures are composed of water supply, sewage, solid waste, and rainwater drainage services. The lack or inefficiency of these functions leads to damages to the quality of life of the population, including favoring the occurrence of certain diseases, which are classified as Inadequate Environmental Sanitation Related Diseases (IESRD), as they are associated with water, excreta, and some vectors. Thus, the objective of this study was to verify if there is an association between the sanitation conditions of the municipalities and the prevalence of hospitalizations due to the diseases related to the sanitation deficiency in the state of Rio Grande do Sul. Secondary data from the Unified Health System (SUS) for hospital admissions and the National Sanitation Information System (SNIS) and Basic Assistance Information System (SIAB) were considered for indicators of sanitation in the municipalities. A descriptive analysis of admissions for IESRD by groups of municipalities was carried out, according to their population, considering all municipalities in the state for the year 2010. Subsequently, a Pearson correlation analysis was performed, with data from 2003 to 2015, through sanitation indicators with hospital admissions in some municipalities in the state. The results showed that hospitalizations for IESRD in the Rio Grande do Sul decreased between 1998 and 2018. However, 427,323 hospitalizations due to DRSAI in the state were reported in the same period and that, among the group's diseases, diarrhea is the most frequent, representing 93.7% of the total. Correlation analyzes showed that there is evidence that sanitation influences the behavior of hospitalization rates since significant results were found (p<0.05). Most of the correlations were inversely proportional between the sanitation indicators and the rates of hospitalizations for DRSAI, indicating that increases in sanitation infrastructures can reduce the involvement of DRSAI. Thus, the importance of investments in the sanitation sectors is emphasized, in addition to the intensification of preventive health to prevent the spread of the diseases evaluated here.
Keywords: Ciências ambientais
Saúde pública
Internações hospitalares
Esgotamento sanitário
Abastecimento de água
Environmental sciences
Public health
Hospital admissions
Sewage treatment
Water supply
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA SANITARIA::SANEAMENTO BASICO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Centro de Engenharias
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais
Citation: DALL’AGNOL, Ana Luiza Bertani. Panorama da prevalência de doenças relacionadas ao saneamento ambiental inadequado no Rio Grande do Sul e sua correlação com indicadores de saneamento. 2020. 136 f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais, Centro de Engenharias, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/7521
Issue Date: 19-Jun-2020
Appears in Collections:PPGCAmb: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_Ana_Luiza_Bertrani.pdf4,46 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons