Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/7539
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Avaliação das emissões acústicas antropogênicas no centro da cidade de Pelotas, RS, Brasil
metadata.dc.creator: Griep, Rafael Priebe
metadata.dc.contributor.advisor1: Gadotti, Gizele Ingrid
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Franchini, Danilo
metadata.dc.description.resumo: Diante do crescimento desordenado das cidades, atrelado ao aumento da densidade demográfica surge fontes de ruído capazes de gerar impacto ambiental negativo e danos significativos à população. Considerado uma das principais fontes de poluição do planeta nas aglomerações urbanas, é indispensável a identificação dos níveis de pressão sonora, assim como o impacto na vida das pessoas. Perante da inexistência de estudos sobre o ruído acústico antropogênico na cidade de Pelotas/RS, evidenciou-se a necessidade de avaliar qualitativamente e quantitativamente os locais com provável impacto ambiental causado pela incidência de poluição sonora na área central da cidade. Realizou-se a medição dos níveis de pressão sonora com um sonômetro integrador, obtendo o valor do LAeq em 260 pontos distintos, localizados no entorno dos hospitais, praças, educandários e esquinas dos cruzamentos das ruas centrais da cidade. Foram calculadas as doses percentuais dos níveis de pressão sonora nos períodos diurno e noturno, se atribuindo 6 dB como fator de duplicação de dose. Além disso, moradores, trabalhadores e visitantes da região central da cidade foram entrevistados com intuído de avaliar sua percepção quanto ao ruído. Constatou-se que 98% das medições realizadas nos cruzamentos das ruas estão acima dos limites recomendados na NBR 10.151 e que todas ultrapassam o limite municipal, sendo que mais da metade estão entre 400 a 800% da dose, chegando em alguns pontos a valores superiores a 1600% para o período noturno, ultrapassando 4 vezes o limite estabelecido. As ruas Dom Pedro II, General Osório, Professor Araújo/Saldanha Marinho/Manduca Rodrigues, Félix da Cunha e Gonçalves Chaves lideram o ranking de maior incidência de poluição sonora, sendo a Santa Cruz a menos ruidosa. No entorno dos hospitais as doses de ruído foram mais altas no período noturno, ultrapassando 3 vezes o limite estabelecido, sendo no Hospital Santa Casa de Misericórdia de Pelotas a maior incidência. No entorno dos centros educacionais as doses medidas excederam os limites estabelecidos na legislação, nos períodos diurno e noturno, destacando-se o entorno da UCPEL, cujas doses noturnas atingiram valores superiores a 3200%, ultrapassando em mais de 5 vezes o limite. Nas praças, se obteve níveis de pressão sonora abaixo do limite estabelecido para o período diurno, tanto para as medições no entorno quanto no interior. Pelas entrevistas, constatou-se que a maioria dos entrevistados considera ruidoso o centro da cidade de Pelotas, apontando o trânsito de veículos como a principal origem do ruído, 78% referiu incomodar-se com o ruído, sendo que a frequência dos sintomas relatados foi irritabilidade, seguido de dor de cabeça, baixa concentração, zumbido nos ouvidos, dificuldade para compreender sons e insônia. Portanto, se considera poluída acusticamente a área central de Pelotas, denotando a falta de planejamento urbano, principalmente no que tange a localização dos hospitais, centros educacionais e espaços destinados ao lazer. A situação é crítica, pois além de pouco divulgado, se configura real e pouco percebido, alertando para mais um perigo presente no cotidiano da população presente na região estudada. Acredita-se que o estudo possa contribuir como apoio à decisão dos gestores públicos quanto ao direcionamento de recursos e ações visando a melhoria das condições ambientais, principalmente conforto acústico e qualidade de vida das pessoas.
Abstract: In view of the disorderly growth of cities, linked to the increase in demographic density, noise sources appear capable of generating negative environmental impact and significant damage to the population. Considered one of the main sources of pollution on the planet in urban agglomerations, it is essential to identify sound pressure levels, as well as the impact on people's lives. In view of the lack of studies on anthropogenic acoustic noise in the city of Pelotas/RS/Brazil, the need to qualitatively and quantitatively assess the locations with probable environmental impact caused by the incidence of noise pollution in the central area of the city became evident. Sound pressure levels were measured with an integrating sound meter, obtaining the LAeq value at 260 different points, located around hospitals, squares, schools and street corners at the intersections of the downtown. Percentage doses of daytime and nighttime sound pressure levels were calculated, with 6 dB being attributed as a dose duplication factor. In addition, residents, workers and visitors from the downtown of the city were interviewed in order to assess their perception of noise. It was found that 98% of the measurements taken at street intersections are above the limits recommended in NBR 10.151 and that all exceed the municipality limit, with more than half of them between 400 to 800% of the dose, reaching some points to values above 1600% for the night period, exceeding 4 times the established limit. Dom Pedro II, General Osório, Professor Araújo/Saldanha Marinho/Manduca Rodrigues, Félix da Cunha and Gonçalves Chaves streets lead the ranking with the highest incidence of noise pollution, with Santa Cruz being the least noisy. In the surroundings of the hospitals, the noise doses were higher at night, exceeding 3 times the established limit, with the highest incidence at Hospital Santa Casa de Misericórdia de Pelotas. In the surroundings of the educational centers, the measured doses exceeded the limits established in the legislation, during the day and night periods, with emphasis at UCPEL, whose night doses reached values above 3200%, exceeding the limit by more than 5 times. In the squares, sound pressure levels were obtained below the limit established for the daytime period, both for measurements in the surroundings and in the interior. Through the interviews, it was found that the majority of the interviewees considered the city center of Pelotas to be noisy, pointing out vehicle traffic as the main source of noise, 78% reported being bothered by the noise, the frequency of the reported symptoms was irritability, followed by headache, low concentration, ringing in the ears, difficulty understanding sounds and insomnia.. Therefore, downtown of Pelotas is considered acoustically polluted, denoting the lack of urban planning, especially with regard to the location of hospitals, educational centers and spaces for leisure. The situation is critical, because in addition to being little publicized, it is also real and little perceived, warning of yet another danger present in the daily lives of the population present in the studied region. It is believed that the study can contribute to support the decision of public managers regarding the allocation of resources and actions aimed at improving environmental conditions, especially acoustic comfort and quality of life for people.
Keywords: Ciências ambientais
Poluição sonora
Ruído urbano
Mapa de ruído
Percepção ao ruído
Noise pollution
Urban noise
Noise map
Noise perception
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL::SERVICOS URBANOS E REGIONAIS::ASPECTOS FISICO-AMBIENTAIS DO PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Centro de Engenharias
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais
Citation: GRIEP, Rafael Priebe. Avaliação das emissões acústicas antropogênicas no centro da cidade de Pelotas, RS, Brasil. 149 f. 2020. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais, Centro de Engenharias, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/7539
Issue Date: 17-Apr-2020
Appears in Collections:PPGCAmb: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_Rafael_Priebe_Griep.pdf11,07 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons