Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/7556
metadata.dc.type: doctoralThesis
Title: Qualidade do solo no cultivo de pessegueiro, sob sistemas de produção agrícola familiar convencional e agroecológico, em Pelotas – RS
Other Titles: Soil quality in peach crops, under conventional and agroecological family farming production systems, in Pelotas, RS
metadata.dc.creator: Henriquez, José Manuel Ochoa
metadata.dc.contributor.advisor1: Lima, Ana Cláudia Rodrigues de
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Helvio Debli Casalinho
metadata.dc.description.resumo: O solo é um recurso natural fundamental e manter ou melhorar sua qualidade é essencial tanto para uma boa produtividade, quanto para manter a qualidade ambiental e, consequentemente, a saúde vegetal, animal e humana. O objetivo do presente estudo foi avaliar a qualidade do solo e os estoques de carbono orgânico nas propriedades familiares, produtoras de pêssego com 21 anos, submetidas aos manejos agroecológico (P-MA), convencional (P-MC) e vegetação nativa (VN), na colônia Maciel, Rio Grande do Sul, Brasil. Foram feitas coletas de solo em diferentes camadas (0 a 5; 5 a 10 e 10 a 20 cm) e posições do relevo (terço superior, médio e inferior). A avaliação da qualidade do solo e a construção do índice de qualidade do solo foram mediante três etapas: seleção de indicadores físicos, químicos e biológicos para a criação de um conjunto mínimo de dados através das análises de componentes principais e a correlação de Pearson, transformação de valores de indicadores do conjunto mínimo de dados em pontuações (0 a 1), usando curvas de pontuação, e a integração de todas as pontuações dos indicadores por meio do método aditivo ponderado para a formar índice de qualidade do solo. A análise de componentes principais selecionou cinco componentes principais com autovalores > 1. Os valores do índice de qualidade do solo ficaram na ordem: VN (0,81) > P-MA (0,62) > P-MC (0,37), com uma classificação Alta (VN), Média (P-MA) e Baixa (P-MC). O indicador com maior contribuição geral no índice de qualidade do solo foi estabilidade dos agregados. Os solos VN e P-MA apresentaram concentrações e estoques significativamente maiores de carbono orgânico do solo e nitrogênio total ao longo do perfil do solo, em comparação com o solo P-MC. Conclusivamente, P-MA mostrou melhor qualidade do solo e estoques de carbono orgânico do que P-MC, conforme expressaram os resultados e seus valores aproximaram-se à VN.
Abstract: Soil is a fundamental natural resource. Maintaining or improving its quality is essential for a higher productivity, as well as to ensure environmental quality and, consequently, human, animal and plant health. This study aimed at assessing soil quality and organic carbon stocks in family farms that have been cultivating peach for 21 years, with agroecological management (P-AM), conventional management (P-CM) and native vegetation (NV), in Maciel Colony, in the State of Rio Grande do Sul, Brazil. Soil samples were collected from different soil depths (0-5; 5-10 and 10-20 cm) and relief positions (upper, middle and lower thirds). Soil quality assessment and soil quality indexing were done in three stages: firstly, we selected physical, chemical and biological indicators for a minimum data set through principal component analysis and Pearson’s correlation; the values of the indicators of the minimum data set were then transformed into scores (0 to 1) using score curves; finally, all indicator scores were integrated using weighted additive method in order to create a soil quality index. Five principal components with eigenvalues > 1 were selected through principal component analysis. The order of the soil quality index values was the following: NV (0,81) > P-AM (0,62) > P-CM (0,37), with a High (NV), a Medium (P-AM), and a Low (P-CM) classification. Soil aggregate stability was the indicator with highest general contribution in the soil quality index. Compared to P-CM soil, NV and P-AM soils presented significantly higher stocks and concentrations of soil organic carbon and total nitrogen throughout soil profile. In conclusion, P-AM showed better soil quality and higher organic carbon stocks than P-CM. The results also showed that P-AM values were similar to those recorded in NV.
Keywords: Índice de qualidade do solo
Sustentabilidade
Sequestro de carbono
Indicadores do solo
Agricultura familiar
Soil quality index
Sustainability
Carbon sequestration
Soil indicators
Family agriculture
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Sistemas de Produção Agrícola Familiar
Citation: HENRIQUEZ, José Manuel Ochoa. Qualidade do solo no cultivo de pessegueiro, sob sistemas de produção agrícola familiar convencional e agroecológico, em Pelotas – RS. 2020. 169 f. Tese (Doutorado em Agronomia) - Programa de PósGraduação em Sistemas de Produção Agrícola Familiar, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2020.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/7556
Issue Date: 24-Nov-2020
Appears in Collections:PPGSPAF: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_Jose_Manuel_Ochoa.pdf2,83 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons