Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/123456789/1297
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Biotecnologia e desenvolvimento: o papel da propriedade intelectual
Other Titles: Biotechnology and development: the role of intellectual property
metadata.dc.creator: Zanini, Luciana Olivares
metadata.dc.contributor.advisor1: Dellagostin, Odir Antônio
metadata.dc.description.resumo: As dificuldades na adoção de uma cultura de propriedade intelectual nos setores acadêmico e tecnológico limitam o desenvolvimento do país. A pouca iniciativa em utilizar ativamente os recursos legais disponíveis para transformar conhecimento em investimento, com o objetivo de conquistar ganhos comuns, apresenta-se como um fator preocupante. Uma das soluções para superar essas dificuldades é o estabelecimento de uma cultura de propriedade intelectual. A combinação de objetivos e esforços para o estabelecimento desta cultura afirma-se como uma estratégia relevante em função da grande complexidade da inovação dos produtos e processos; do quadro de concentração de ativos produtivos; da nova era da informação; e da internacionalização das economias. A cultura da propriedade intelectual, no âmbito local, oportuniza uma profunda transformação no padrão de relação entre Estado e sociedade, no sentido de uma maior participação, negociação e democratização. Esta dissertação teve o objetivo de avaliar se as políticas públicas de desenvolvimento e a legislação pertinente atingem os objetivos propostos, entre eles o desenvolvimento tecnológico alicerçado no registro de patentes em biotecnologia. Para isso, foi feito um estudo da percepção dos estudantes e professores do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia e alunos de iniciação científica da graduação em Biotecnologia da Universidade Federal de Pelotas, procurando identificar o nível de conhecimento das pessoas que trabalham com pesquisa em Biotecnologia, no que diz respeito à proteção da propriedade intelectual. O presente estudo revela que há receptividade acadêmica ao tema e que um acréscimo de informações relativas ao tema propriedade intelectual pode contribuir em novas e eficientes estratégias de desenvolvimento da pesquisa e da universidade. Os resultados obtidos neste estudo poderão ser de valia para utilização como norteadores de ações em busca da cultura da propriedade intelectual em biotecnologia dentro da universidade.
Abstract: The difficulties in adopting a culture of intellectual property within the academic and technology sectors limit the development of the country. The low initiative in actively using the available legal resources to transform knowledge in to investment, with a view to achieving common gains, constitutes an important issue. One of the solutions to overcome such difficulties is to establish a culture of intellectual property. The combination of objectives and efforts to establish such a culture is a relevant strategy, in view of the great complexity involved in product and process innovation; in the context of concentration of productive assets, in the new information era, and in the internationalization of economies. A local culture of intellectual property allows for a profound change in the pattern of the relationship between the State and society, increasing participation, negotiation and democratization. The aim of this study was to evaluate whether the development policies and the related legislation achieve their objectives, among which the technological development rooted in the registration of biotechnology patents. To that end, a study was carried out on the perception of students and professors from the Graduate Program in Biotechnology of the Federal University of Pelotas, seeking to identify the level of knowledge of biotechnology researchers regarding the protection of intellectual property. This study revealed that researchers are receptive to intellectual property and that providing more information on the topic may contribute to new and efficient strategies to develop research capacity and the university. The results of this study can be of great value to guide actions towards a culture of biotechnology intellectual property within the university.
Keywords: Intellectual property
Biotechnology
University
Propriedade Intelectual
Biotecnologia
Universidade
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Biotecnologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia
Citation: ZANINI, Luciana Olivares. Biotechnology and development: the role of intellectual property. 2011. 47 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2011.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br/handle/123456789/1297
Issue Date: 17-Jun-2011
Appears in Collections:PPGBiotec: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertacao_luciana_olivares_zanini.pdf510,98 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.