Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3702
Tipo: masterThesis
Título: Orientação empreendedora, capacidades, ambiente e desempenho em cabanhas de ovinos do Brasil
Autor(es): Silveira, Bruno Ribas
Resumo: O objetivo desta pesquisa foi associar a orientação empreendedora, capacidade dinâmica gerencial, capacidade dinâmica do agronegócio, incerteza ambiental, munificência ambiental e desempenho das cabanhas de ovinos do Brasil. A metodologia utilizada é quali-quantitativa, com estratégias do tipo exploratória e survey, respectivamente. Na pesquisa qualitativa foi realizada uma entrevista semiestruturada, a fim de encontrar evidências que indiquem a confirmação das capacidades do agronegócio, utilizou-se da técnica de análise de conteúdo. Já no que diz respeito à abordagem quantitativa foi utilizado o programa SPSS®, versão 18.0, no qual foi realizada a análise fatorial exploratória para o construto capacidade do agronegócio, com intuito de validar a escala proposta. Assim, a amostra compreendeu 97 cabanhas de ovinos de diferentes regiões do Brasil, sendo que a maioria 59,7% concentra-se no estado do Rio Grande do Sul. Na sequência, foi realizado o teste estatístico de Kolmogorov-Smirnov para verificar a normalidade de dados dos construtos. O coeficiente de Spearman foi utilizado para investigar a existência de correlação entre os construtos orientação empreendedora, capacidade dinâmica gerencial, capacidade dinâmica do agronegócio e desempenho. A seguir, realizou-se o teste de Kruskal-Wallis para identificar se existem diferenças estatísticas que demonstrem que o desempenho oscila proporcionalmente a percepção da incerteza e munificência ambiental. Os resultados da análise fatorial exploratória para o construto capacidade do agronegócio revelaram seis variáveis determinantes para diferenciação competitiva de empresas que atuam neste setor. Além disso, foi possível identificar o relacionamento positivo entre os construtos da orientação empreendedora, capacidade dinâmica gerencial, capacidade dinâmica do agronegócio e desempenho, bem como, a percepção da oscilação do desempenho frente à incerteza e munificência ambiental, indicando que a forma como o gestor percebe o ambiente e suas modificações têm impacto direto nos níveis de desempenho organizacional. Assim, um dos fatores determinantes para a manutenção da competitividade das cabanhas de ovinos é o conhecimento do gestor frente às tendências, oportunidades e desafios que surgem no setor.
Abstract: The objective of this research was to associate the entrepreneurial orientation, dynamic managerial capacity, agribusiness dynamic capacity, environmental uncertainty, environmental munificence and the performance of sheep cabins in Brazil. The methodology used is qualitative and quantitative, with exploratory and survey strategies, respectively. In the qualitative research, a semi-structured interview was conducted, aiming to find evidence that confirms agribusiness capacities, using content analysis technique. For the quantitative approach, the sample comprised of 97 sheep cabins from different regions of Brazil, with a majority of 59.7% concentrated in the state of Rio Grande do Sul. Qualitative data analysis was performed using the content analysis technique. In terms of the quantitative approach, the SPSS® program, version 18.0 was used, in which an exploratory factorial analysis was performed for the agribusiness constructs capacity, in order to validate the proposed scale. The Kolmogorov-Smirnov statistical test was performed to verify the normality of the constructs data. The Spearman coefficient was used to investigate the existence of a correlation between the constructs entrepreneurial orientation, dynamic managerial capacity, agribusiness dynamic capacity and performance. Next, the Kruskal-Wallis test was performed to identify whether there are statistical differences demonstrating that the performance proportionally oscillates the perception of environmental uncertainty and munificence. The results of the exploratory factorial analysis for the agribusiness constructs capacity revealed six determinant variables for the competitive differentiation of companies operating in this sector. In addition, it was possible to identify the positive relationship between the constructs of entrepreneurship orientation, dynamic managerial capacity, agribusiness dynamic capacity and performance, as well as the perception of the oscillation of the performance against the uncertainty and environmental munificence, indicating that the way that the manager perceives the environment and its modifications have a direct impact on the levels of organizational performance. Thus, one of the determining factors for maintaining the competitiveness of sheep cabins is the manager's knowledge of the trends, opportunities and the challenges that arise in the sector.
Palavras-chave: Orientação empreendedora
Capacidade gerencial
Capacidade do agronegócio
Desempenho
Entrepreneurial orientation
Managerial capacity
Agribusiness capacity
Performance
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE SETORES ESPECIFICOS
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Federal de Pelotas
Sigla da Instituição: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Administração e Turismo
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial e Sistemas Agroindustriais
Tipo de Acesso: OpenAccess
URI: http://repositorio.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3702
Data do documento: 20-Fev-2017
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento territorial e sistemas agroindustriais: Dissertações e Teses

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Bruno_Silveira.pdf1,17 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons