Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/4186
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Festa, música e memória na Comunidade Quilombola de São Roque (SC) e os vetores de uma identidade étnica como demarcação de território e pertencimento
Other Titles: Party, Music and Memory in the Quilombola Community of São Roque (SC) and the Vectors of an Ethnic Identity as Demarcation of Territory and Belonging
metadata.dc.creator: Christóvão, Sílvia Regina Teixeira
metadata.dc.contributor.advisor1: Spieker, Larissa Patron Chaves
metadata.dc.description.resumo: A presente pesquisa busca evidenciar e reconstruir a história de luta dos remanescentes do quilombo São Roque/Pedra Branca, pelo reconhecimento do seu território, e a consolidação da sua identidade étnica. O Quilombo São Roque localiza-se no Extremo Sul de Santa Catarina (Praia Grande) e o Norte do Rio Grande do Sul (Mampituba). A música e a festa de São Roque são destacadas como elementos singulares, um fio condutor para narrar à história dessa comunidade. Metodologicamente baseia-se na pesquisa qualitativa, levantamento bibliográfico, material digital artigos, dissertação, teses. Os processos-crimes, correspondências entre autoridades locais e provinciais e registros de batismo. Está ancorada ao uso da história oral, como caminho interpretativo. O recorte temporal situa-se às décadas de 1970 – 1980, devido à fatores econômicos, político e sociais. O problema de pesquisa recai sobre as manifestações culturais da comunidade quilombola São Roque, tais como músicas e festas realizadas, que podem ser consideradas formas de constituição de uma identidade étnica na luta pelo pertencimento territorial? Ainda, poderíamos mencionar festa, música e memória, como um componente que diferencia a comunidade e que contribui de forma positiva para o fomento e a construção de uma identidade étnica? Os resultados pontuam a música e a festa, como espaço de ligação que aproximam a comunidade nos festejos aos santos de devoção, recriando a identidade da comunidade e alimentando o sentimento de pertença. Oportunizando a estabilidade de determinada cultura quilombola, enquanto um espaço-tempo intrinsecamente relacionado à rotina diária e enquanto um lugar de produção identitária ligada à festa, à música, a terra e ao trabalho.
Abstract: The present research seeks to evidence and reconstruct the history of the struggle of the remnants of the São Roque / Pedra Branca Quilombo, for the recognition of 10 their territory, as well as for the consolidation of their ethnic identity. São Roque Quilombo is located in the extreme South of Santa Catarina (Praia Grande) and the North of Rio Grande do Sul (Mampituba). The music and the festival of São Roque are highlighted as unique elements to guide anarrate of the history of this community. Methodologically, the text is based on a qualitative research, bibliographic survey, digital material articles, dissertation and theses, as well on criminal processes, correspondence between local and provincial authorities and baptismal records. Above all, it isanchored on the use of oral history as an interpretive path. The temporal cut lies in the 1970s - 1980s, due to economic, political and social factors. The research problem lies in the cultural manifestations of the quilombola community, such as songs and celebrations that can be considered forms of the constitution of an ethnic identity in the struggle for territorial belonging. Still, could we mention party, music and memory as a component that differentiates this community and which contributes positively to the promotion and construction of an ethnic identity. The results points to music and party as a space of connection that brings community together in devotion to its saints and songs, recreating the identity of the community and nourishing the feeling of belonging. These elements opportunities and stabilize a certain quilombola culture as a space-time intrinsically related to daily routine and as a place for the reproduction of identity linked to the party, the music, the land and work.
Keywords: Identidade
Memória
Quilombo
Território
Pertencimento
Identity
Memory
Quilombo
Territory
Belonging
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em História
Citation: CHRISTOVAO, Sílvia Regina Teixeira. Festa, Música e Memória na Comunidade Quilombola de São Roque (SC) e os Vetores de Uma Identidade Étnica como Demarcação de Território e Pertencimento. 2017.188f.Dissertação (Mestrado em História), Programa de Pós- Graduação em História, Instituto de Ciências Humanas, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas,2017.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/4186
Issue Date: 20-Dec-2017
Appears in Collections:Pós-Graduação em História: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Sílvia_Regina_Teixeira_Christóvão_Dissertação.pdf4,62 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons