Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/4287
metadata.dc.type: doctoralThesis
Title: Desempenho clinico de coroas monolíticas de dissilicato de lítio reforçado por zircônia suportadas por implantes com conexão hexagonal e cônica: 1 ano de acompanhamento
Other Titles: Monolithic zirconia-reinforced lithium-disilicate single crowns supported by external hexagon and morse taper implant connections: one-year results of a prospective cohort study
metadata.dc.creator: Madruga, Marina de Matos
metadata.dc.contributor.advisor1: Faot, Fernanda
metadata.dc.description.resumo: Este estudo clínico prospectivo randomizado de boca dividida objetivou avaliar a influência do tipo de conexão do implante na perda óssea marginal (POM), saúde peri-implantar (SPI) e sucesso de coroas unitárias de dissilicato de lítio reforçadas com zircônia monolítica. Ainda, avaliou-se o impacto desta reabilitação na qualidade de vida relacionada à saúde oral (QVRSO) e na satisfação dos participantes. Metodologia: Quatorze pacientes parcialmente edêntulos, classe I de Kennedy, foram reabilitados com 48 coroas suportadas por implantes com conexão do tipo cone morse (CM) e hexágono externo (HE). O tipo de conexão foi randomizado para cada lado da mandíbula edêntula e após a instalação dos implantes aguardou-se o período de osseointegração de 3 meses para reabilitação com coroas unitárias aparafusadas confeccionadas por meio de uma técnica híbrida . SPI e o sucesso das coroas foram avaliados no dia da instalação e 1 ano após. POM foi avaliada imediatamente após a cirurgia, no dia de instalação das coroas e após 1 ano. Remodelação óssea (RO) foi determinada pela diferença entre os tempos da POM. O desepenho clínico das coroas monolíticas unitárias foi avaliado pelos critérios adotados pelo Serviço de Saúde Publica dos Estados Unidos (USPHS) para a determinação do sucesso. QVRSO foi avaliada pelo questionário DIDL antes e após 1 ano de reabilitação. Para análise utilizou-se os testes T e teste T pareado, Mann-Whitney, Wilcoxon pareado. Curvas de Kaplan-Meier e testes de log-rank foram utilizados para as análises de sucesso de acordo com o tipo de conexão do implante e região reabilitada. SPI, POM e RO não foram influenciadas pelo tipo de conexão. Resultados e Conclusão: O sucesso foi influenciado pelo tipo de conexão, sendo que HE apresentou um número maior de coroas com rugosidade da cerâmica. A taxa de sucesso das coroas para conexão CM=95,8% e HE=79,2%. QVRSO e a satisfação melhoraram significativamente após a reabilitação. A SPI, POM e RO independem do tipo de conexão do implante, sendo bastante dependentes do cuidado do paciente. A reabilitação com implantes impacta positivamente na QVRSO e satisfação de pacientes parcialmente edêntulos. As coroas unitárias implanto-retidas de dissilicato de lítio reforçadas com zircônia monolítica fabricadas pela técnica hibrida apresentam bom desempenho para a reabilitação de região posterior de mandíbula independentemente do tipo de conexão protética.
Abstract: This prospective randomized split-mouth study evaluated the influences of the implant connection types on marginal bone loss (MBL) peri-implant health (PIH) and the success of monolithic zirconia-reinforced lithium-disilicate (ZLD) single crowns. The impact of this rehabilitation on oral health-related quality of life (OHRQOL) and satisfaction was also evaluated. Methodology: Fourteen partially edentulous patients, Kennedy class I, were rehabilitated with 48 crowns supported by morse taper (MT) and external hexagon (EH) implant connections. The connection type was randomized for each side of the edentulous jaw and the implants were placed, after the osseointegration period passed, the prosthetic procedures were initiated. PIH and the single crowns’ performance was assessed on the installment day and after year. Evaluations were performed using modified United States Public Health Service (USPHS) criteria. ZLC crowns within Alpha and Bravo ratings were registered as success. MBL was assessed immediately after surgery, on the placement day and a year after. The bone remodeling (BR) was determined by the difference between MBL time intervals. OHRQOL was assessed by the DIDL questionnaire before rehabilitation and one year later. T-tests and paired t-test, Mann-Whitney U test, and paired Wilcoxon test were used in the analysis process. Kaplan–Meier plots and log-rank tests were used for the success analyses according to implant connection type and rehabilitated region.PIH, MBL and BH were not influenced by the type of connection. Results: The success was influenced by the type of connection, and the EH presented a larger number of surface roughness of crowns. The success rate for connections MT=95,8% and EH=79,2%. OHRQOL and overall satisfaction improved significantly after rehabilitation. PIH, MBL and BR are not influenced by type of implant connection type but by the patient’s care. The rehabilitation process with implants has a positive impact on the OHRQOL and on the partially edentulous patients’ satisfaction. Conclusion: The monolithic ZLD implant-retained single crowns fabricated by the hybrid techinique can successfully rehabilitate the posterior mandibular region, irrespective of the implant connection type.
Keywords: Implantes dentários
Perda óssea periimplantar
CAD/CAM
Dissilicato de lítio reforçadas com zircônia
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Odontologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Diagnóstico Bucal
Citation: MADRUGA, Marina de Matos. Desempenho clinico de coroas monolíticas de dissilicato de lítio reforçado por zircônia suportadas por implantes com conexão hexagonal e cônica: 1 ano de acompanhamento 2018. 84f Tese (Doutorado em Dentística) - Programa de Pós-graduação em Odontologia, Faculdade de Odontologia, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2018.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/4287
Issue Date: 22-Jun-2018
Appears in Collections:Pós-Graduação em Odontologia: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_Marina de Matos Madruga.pdf1,84 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons