Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/4745
metadata.dc.type: doctoralThesis
Title: Expressão diferencial de genes na germinação do mutante de arroz M3-202 sob baixas temperaturas
Other Titles: Differential gene expression in the rice mutant M3- 202 during germination at low temperature
metadata.dc.creator: Ferrari, Cibele dos Santos
metadata.dc.contributor.advisor1: Zimmer, Paulo Dejalma
metadata.dc.description.resumo: Maior parte do arroz (Oryza sativa L.) cultivado no Brasil é da subespécie Indica, sensível às baixas temperaturas que ocorrem na Região Sul, principal produtora. Sua estreita base genética tem dificultado a obtenção de cultivares tolerantes ao frio. Uma forma de aumentar a variabilidade genética é por meio de mutações induzidas e seleções genéticas a partir de populações mutantes. Ampliada a variabilidade genética, estudos genéticos e moleculares podem auxiliar na identificação e seleção para a característica desejada. O objetivo deste estudo foi produzir e isolar fragmentos de cDNA expressos numa família mutante de arroz M3-202 em resposta ao frio durante a germinação utilizando a técnica de cDNA/AFLP. Para isto, foram comparados os seguintes genótipos: BRS Firmeza (tolerante ao frio), SCS BRS-113 Tio Taka (sensível ao frio), família mutante M3-202 (tolerante ao frio) e a cultivar BRS-7 Taim (sensível ao frio) a partir da qual a mutante foi originado. As sementes destes genótipos foram submetidas à germinação a 25 ºC e 13 ºC para verificar a expressão diferencial. Foram isolados os embriões das sementes de cada genótipo após 1, 2, e 3 dias da semeadura para 25 ºC e após 4, 8, 11 e 14 dias para 13 ºC e extraído o RNA total utilizando o Reagente Pure Link Plant RNA. Para a síntese dos cDNAs dupla-fita foi utilizado o Kit SuperScript Double-Stranded cDNA Synthesis e as amplificações seletivas foram realizadas utilizando o Kit AFLP Starter Primer e os fragmentos de cDNA produzidos foram visualizados através de eletroforese em gel de poliacrilamida 6%, revelado em nitrato de prata. Comparando-se os genótipos BRS-7 Taim e M3-202, observou-se fragmentos polimórficos nas duas temperaturas avaliadas, sendo que a 13 ºC, houveram 42 fragmentos expressos somente em M3- 202. Em relação à BRS Firmeza, a M3-202 apresentou 7 fragmentos de mesmo peso molecular, quando a 13 ºC, estes mesmos ausentes em BRS-7 Taim. Os fragmentos diferencialmente expressos mais intensos foram recuperados para futuro sequenciamento e identificação dos genes que se expressem nesta família mutante e que estejam, possivelmente, relacionados com a tolerância ao frio no estádio germinativo.
Abstract: The most rice cultivated in Brazil are from the Indica subspecies, which is sensitive at low temperatures that occurs on the South Brazil, the main producer. The close genetic basis of the national cultivars had difficulted to obtain of cold tolerant cultivars. A way to increase the genetic variability is induced mutations and genetic selections from mutant populations. After to improvement the genetic variability, genetical and molecular studies may allow identification and selection desired genotypes. The objective of the study was to produce and isolate express cDNA fragments in the M3-202 rice mutant family in cold response during the germination. The mutant was compared with the following genotypes: BRS Firmeza (cold tolerant), SCS BRS-113 Tio Taka (cold susceptible), and the cultivar BRS-7 Taim (cold susceptible) wild type. The seeds of these genotypes were submitted to the germination at 25 °C and 13 °C to access differential expression. After germination, the embryos were isolated from each genotype at 1, 2, 3 days after sowing to 25 ºC and at 4, 8, 11, 14 days to 13 ºC, and extracted the total RNA using the Pure Link Plant RNA Isolation Kit. For the synthesis of double-strand cDNAs we used the SuperScriptTM Double-Stranded cDNA Synthesis Kit followed selective amplifications using the AFLP Starter Primer Kit. Polymorphic fragments in the two evaluated temperatures; 42 expressed fragments were identified in the mutant in contrast with the wild type. In relation to BRS Firmeza, the M3-202 presented 7 fragments with the same molecular weight, at 13 °C, those absent in the wild type. The differentially expressed more intense fragments were recovered for subsequent sequencing and expressed genes identification in the mutant family and, possibly, to relate with the cold tolerance in the germination stage in the future studies.
Keywords: Agronomia
Sementes
Arroz
Oryza sativa
Rice
Seeds
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA::PRODUCAO E BENEFICIAMENTO DE SEMENTES
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Sementes
Citation: Ferrari, Cibele dos Santos. Expressão diferencial de genes na germinação do mutante de arroz M3-202 sob baixas temperaturas. 2008. 52f. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Sementes. Universidade Federal de Pelotas, Pelotas.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/4745
Issue Date: 30-Sep-2008
Appears in Collections:PPGCTS: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_cibele_dos_santos_ferrari.pdf993,68 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons