Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/5071
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Acerca da relação entre moral, linguagem e verdade no pensamento de Nietzsche.
Other Titles: About the relationship between morality, language and truth in Nietzsche's thought.
metadata.dc.creator: Peres, Lays da Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Araldi, Clademir Luís
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho consiste em uma análise crítico-imanente do pensamento de Friedrich W. Nietzsche, delimitado por obras selecionadas do período de 1873 a 1887. O fio condutor dessa análise é a relação intrínseca entre moralidade, linguagem e verdade. Inicialmente, ter-se-á um enfrentamento do que cremos tratar-se da moralidade da verdade, seu desdobramento quanto à valoração moral da verdade abordando, sobretudo, seu aspecto declinante à vida humana. O segundo aspecto de nossa abordagem está em traçar uma análise sobre a linguagem e suas persuasões linguísticas, as quais podem fomentar a decadência humana; abordaremos o aspecto perspectivista e as medidas cabíveis a uma teoria da interpretação destituída das amarras gramaticais. O terceiro aspecto conta com a propagação da tríplice: moralidade, verdade e linguagem e desvela a incompatibilidade dessas, rumo à vida ascendente. Para tanto elucidamos a vontade de verdade a todo custo, assim como sua instabilidade frente ao processo dinâmico de mundo descrito por Nietzsche. A análise desses três conceitos serve como respostas às doutrinações metafísicas e normativas presentes ao longo da história da filosofia da cultura ocidental do século XIX, da qual a filosofia nietzschiana busca se desvincular e apresentar genealogicamente suas reais pretensões nada despretensiosas quanto à preservação da vida gregária, contrária à valorização potencializadora da existência. Com efeito, essa pesquisa se articula em função da verificação de uma possível transvaloração dos valores da moralidade dos fracos, da linguagem aprisionadora e da verdade absoluta, pretendendo com isso, um ensaio acerca de uma filosofia demasiadamente humana, que esteja além dos valores postulados e atenda a afirmação da vontade de potência de cada ser humano.
Abstract: The present work consists in a critical-immanent analysis of Friedrich W. Nietzsche thinking, delimited to selected works from the period that goes from 1873 to 1887. The focus of this analysis is the intrinsic relationship between morality, language and truth. Initially it will take place a confrontation of what we believe the morality of truth is, its unfolding as the moral truth valuation addressing mainly his apparent weakening of human life. The second aspect of our approach is to trace an analysis of the language and its linguistic persuasions, which can foster human decay; we will discuss the perspectival aspect and the measures appropriate to a theory of interpretation devoid of grammatical strings attached. The third aspect has the spread of threefold: morality, truth and language and reveals the incompatibility of these, towards the ascending life, for that we elucidate the will to truth regardless of the costs, as well as its instability against the dynamic world process described by Nietzsche. The analysis of these three concepts serves as answers to metaphysical and normative indoctrination present throughout the history of philosophy of Western culture of the nineteenth century, of which Nietzsche’s philosophy seeks to unlink and present genealogically their real pretensions nothing unpretentious as the preservation of gregarious life, contrary to potentiating appreciation of existence. Indeed, this research is articulated on verification of a possible revaluation of the weak morality values, imprisoning language and of absolute truth, thus intending an essay about a too human philosophy, which is beyond the values postulates and meets the affirmation of will to power of every human being.
Keywords: Filosofia
Linguagem
Moral
Nietzsche
Verdade
Vontade de verdade
Language
Moral
Truth
Will to truth
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Filosofia, Sociologia e Politica
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Filosofia
Citation: PERES, Lays da Silva. Acerca da relação entre moral, linguagem e verdade no pensamento de Nietzsche. 2016. 125 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) – Programa de Pós-Graduação em Filosofia. Instituto de Filosofia, Sociologia e Política. Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2016.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/5071
Issue Date: 25-May-2016
Appears in Collections:Pós-Graduação em Filosofia: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LAYS DA SILVA PERES_Dissertacao.pdf1,27 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons