Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/5104
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Absurdo e Revolta: O homem revoltado de Camus como resposta ao problema do niilismo em Nietzsche.
Other Titles: Absurdity and Revolt: Camus's revolted man as an answer to the problem of nihilism in Nietzsche.
metadata.dc.creator: Espírito Santo, Marco Vinício Pereira do
metadata.dc.contributor.advisor1: Rubira, Luis Eduardo Xavier
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho tem por objetivo uma introdução ao pensamento de F. Nietzsche e A. Camus, em especial, à recepção de temas da filosofia nietzschiana na produção literário-filosófica de A. Camus. Nietzsche ocupa-se de questões fundamentais para a cultura ocidental, problemas como a morte de deus e o niilismo. Camus retoma estes problemas, mas, convencido de que podemos pensar apenas por imagens e que, portanto, o filósofo deveria escrever romances, procura demonstrar estas questões através da criação literária, incluindo o teatro. Estrangeiridade, absurdo e revolta, são alocados como os pilares centrais de sua obra. Por meio destes conceitos, o autor tenta representar a tensão insuperável entre o apelo humano de unidade e a indiferença do mundo. Em que pese toda a convergência, também há, entre os dois autores traços de contraposição enquanto Camus afirma a necessidade de manter viva essa parte do homem que contesta o real por meio da revolta, o filósofo alemão encaminha-se para a sua aceitação total.
Abstract: This work aims to introduce the thinking of F. Nietzsche and A. Camus, especially to the reception of themes of Nietzsche's philosophy in the literary-philosophical production of A. Camus. Nietzsche deals with fundamental questions for Western culture, problems such as the death of God and nihilism. Camus resumes these problems, but, convinced that we can think only by images and that therefore the philosopher should write novels, seeks to demonstrate these issues through literary creation, including theater. Foreign, absurd and revolt, are allocated as the central pillars of his work. By means of these concepts, the author tries to represent the insurmountable tension between the human appeal of unity and the indifference of the world. In spite of all the convergence, there is also between the two authors features of contraposition while Camus affirms the need to keep alive that part of the man who contests the real by means of the revolt, the German philosopher is directed towards its total acceptance.
Keywords: Filosofia
Absurdo
Revolta
Niilismo
Existência
Morte de Deus
Absurd
Revolt
Nihilism
Existence
Death of God
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Filosofia, Sociologia e Politica
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Filosofia
Citation: ESPÍRITO SANTO, Marco Vinício Pereira do. Absurdo e Revolta: O homem revoltado de Camus como resposta ao problema do niilismo em Nietzsche. 2017. 69 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) – Programa de Pós-Graduação em Filosofia. Instituto de Filosofia, Sociologia e Política. Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2017.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/5104
Issue Date: 24-Mar-2017
Appears in Collections:Pós-Graduação em Filosofia: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marco Vinicio Pereira do Espirito Santo_Dissertacao.pdf951,49 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons