Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/5698
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Trabalhadores do Serviço Residencial Terapêutico: atores na reconstrução da vida fora dos muros do manicômio.
Other Titles: Therapeutic Residential Service Workers: playing an important role in rebuilding life outside the limits of a mental hospital.
metadata.dc.creator: Antonacci, Milena Hohmann
metadata.dc.contributor.advisor1: Kantorski, Luciane Prado
metadata.dc.description.resumo: O trabalho constitui-se como categoria central para entendimento de uma sociedade, configurando-se como um dos principais elementos de mediação das relações sociais. Atualmente há um movimento de transformações, orientado por mudanças nas relações sociais, que propõe novas formas de lidar com o fenômeno da loucura. Nesse sentido, esta pesquisa tem como objetivo compreender o processo de trabalho dos profissionais do Serviço Residencial Terapêutico, suas potencialidades e limites no processo de reconstrução da vida do morador fora dos muros do manicômio. Caracteriza-se por ser um estudo de caso, com abordagem de investigação qualitativa, que utiliza como referencial teórico o processo de trabalho, segundo a perspectiva marxista. Os dados utilizados fazem parte de um recorte da pesquisa Redes que reabilitam – avaliando experiências inovadoras de composição de redes de atenção psicossocial, a qual constituiu-se de um estudo quantitativo e qualitativo, de modo a privilegiar as distintas dimensões do objeto da avaliação. A presente dissertação de mestrado é um estudo qualitativo, realizada a partir dos dados do campo de Alegrete/RS, especificamente do grupo de interesse de seis trabalhadores, entrevistados de acordo com roteiro predefinido e registros dos diários de campo, totalizando 700 horas. Os dados foram coletados no mês de maio de 2010, em um Serviço Residencial Terapêutico e em uma Morada Assistida. A análise dos dados foi realizada a partir das categorias analíticas que emergiram do marco teórico-metodológico – Processo de trabalho – buscando-se identificar as concepções acerca de objeto, instrumentos e finalidade do trabalho dos profissionais do Serviço Residencial Terapêutico. A análise dos processos de trabalho dos profissionais do SRT demonstrou uma nova construção acerca dos elementos do processo em saúde metal. O objeto de trabalho, o sujeito em sofrimento psíquico, agora é visto como um objeto ampliado, pertencente a um território, a um grupo familiar, e social. Com relação aos meios/instrumentos de trabalho foi possível identificar a utilização de um amplo arsenal de meios/instrumentos que sustentam as mudanças propostas pelo novo modo de atenção em saúde mental, baseadas no saber psicossocial, na utilização do encontro da cidade com a loucura, e na apropriação do entendimento da loucura enquanto um modo diferente de relação com o mundo, que exige modos diferentes de inserção. Essa percepção busca efetivar a substituição dos manicômios pela liberdade de circular pela cidade, num movimento de reconstrução da vida fora dos muros do manicômio. Ao final do estudo espera-se contribuir para a reflexão dos trabalhadores, que compõe o arcabouço teórico e prático do modo psicossocial, acerca dos seus processos de trabalho, que visam o retorno à cidade e principalmente, com a reconstrução da vida de muitos sujeitos, fora dos manicômios.
Abstract: The work is constituted as central category in attending a society, being one of the main mediation elements in social relations. Currently there is a movement of transformations, guided by changes in social relations, that offers new ways in dealing with the phenomenon of madness. In this sense, this research has as its main purpose to comprehend the working process of professionals who work in the Therapeutic Residential Service, their potentialities and limitations in the process of rebuilding the life of a resident outside the limits of a mental hospital (insane asylum). The work is characterized as being a “case study”, with a qualitative research approach, that uses as theoretical referential the working process. The utilized data refers to a part of the research Structures that Rehabilitate – which evaluates innovating experiences composed by psychosocial attention structures and has been constituted of a quantitative and qualitative study, that benefits the different dimensions of the valued object. The present master‟s degree dissertation is a qualitative research, realized based on the data taken from the Alegrete – RS field, more specifically from an interest group containing six laborers. These workers were interviewed according to a guide defined beforehand and they have also had their daily routine registered in a field diary, totalizing 700 hours. The data was collected in May, 2010 in a Therapeutic Residential Service and in an Assisted Residence. The analysis of the data was realized based on the analytical categories that have emerged from the mark theoretical-methodological – Working process – trying to identify the conceptions about the object, instruments used and the purpose regarding the work of professionals from the Therapeutic Residential Service. The analysis of the working processes of SRT professionals made evident a new construction concerning the elements involved in the mental health process. The object of work, the subject in psychic pain, is now seen as an enlarged object, belonging to a territory, to a family group as well as to a social group. Regarding how things have been done and what has been used in the working process, it was possible to identify the use of different techniques/ instruments that support the changes proposed by the new mode of attention in mental health, based on the psychosocial knowledge, on bringing city and insanity together and on understanding madness as a different way of relating to the world, that demands distinctive insertion manners. This perception tries to provide a substitute item for mental hospitals, such as the freedom to walk around in a city, in an attempt to help residents to rebuild their lives outside insane asylums. At the end of the study it is expected to motivate somehow the workers, who are part of the theoretical and practical skeleton of the psychosocial mode, to reflect on their working processes, which consists of sending people back to the city and mainly rebuilding the lives of many subjects outside mental hospitals.
Keywords: Enfermagem
Trabalho
Reforma dos Serviços de Saúde
Serviços de Saúde Mental
Saúde Mental
Enfermagem Psiquiátrica
Nursing
Work
Health Care Reform
Mental Health Services
Mental Health
Psychiatric Nursing
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Enfermagem
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Enfermagem
Citation: ANTONACCI, Milena Hohmann. Trabalhadores do Serviço Residencial Terapêutico: atores na reconstrução da vida fora dos muros do manicômio. Pelotas, 2011. 145 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) – Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Faculdade de Enfermagem, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2011.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/5698
Issue Date: 25-Mar-2011
Appears in Collections:PPGEnf: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_Milena_Hohmann_Antonacci.pdf1,6 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons