Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/7628
metadata.dc.type: doctoralThesis
Title: Produtividade, desempenho vegetativo e qualidade fisiológica de sementes de soja em função da distribuição de plantas no campo
Other Titles: Yield, vegetative performance and physiological quality of soybean seeds as a function of plant distribution in the field
metadata.dc.creator: Dörr, Caio Sippel
metadata.dc.contributor.advisor1: Panozzo, Luis Eduardo
metadata.dc.description.resumo: O objetivo do presente estudo foi avaliar o efeito da distribuição de plantas no desempenho vegetativo, produtivo e fisiológico de sementes em genótipos de soja na região sul do Rio Grande do Sul. O ensaio foi desenvolvido a campo, em duas safras agrícolas, em uma fazenda localizada no Distrito de Monte Bonito - Pelotas (RSBrasil). O experimento constituiu-se de doze tratamentos envolvendo dois fatores: fator A – 3 genótipos de soja (NA 5909 RR, NS 6006 IPRO e NS 5959 IPRO) e fator B – 4 espaçamentos entre linhas (0,17; 0,30; 0,45 e 0,60 metros). O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados em esquema fatorial (3x4), com quatro blocos. Cada parcela teve a dimensão de 2,4 metros de largura e 4 metros de comprimento. Para as avaliações foram descartados 0,6 metros de cada lado da parcela e 0,5 de cada extremidade de linha para servir de bordadura. A população de plantas utilizada foi de 330 000 plantas ha-1. Para as determinações experimentais foram avaliadas 5 plantas aleatórias da área útil de cada parcela, a exceção da produtividade de grãos, que foi avaliada a área útil total de cada parcela. As determinações experimentais realizadas para avaliação do desempenho vegetativo foram: altura de plantas, diâmetro do caule, área foliar, massa seca do caule, das folhas e total no estádio de pleno florescimento da cultura. Para avaliação do desempenho produtivo foram determinados: diâmetro do caule principal, altura final de plantas, número de ramificações por plantas, número de vagens por planta, número de sementes por vagem, massa de mil sementes e produtividade. Para avaliação do desempenho fisiológico de sementes foram analisados: germinação, primeira contagem de germinação, comprimento e matéria seca de parte aérea, radicular e total de plântulas, envelhecimento acelerado e emergência em campo. Plantas de soja melhor distribuídas na área de cultivo, em espaçamentos de 0,17 e 0,30 metros, apresentam maior altura de plantas, diâmetro do caule e desempenho produtivo. A utilização de espaçamentos reduzidos, 0,17 e 0,30 metros, proporciona a produção de sementes de melhor qualidade fisiológica, e este resultado é evidenciado em anos com a presença de chuvas no período que antecede a colheita. A distribuição de plantas de soja apresenta pouco efeito no desempenho vegetativo da cultura. O genótipo NS 5959 IPRO é mais sensível a variações na distribuição de plantas em campo. O desempenho, de um modo geral, de genótipos de soja sofre influência da distribuição de plantas, e essa resposta é dependente do genótipo e do ambiente de produção.
Abstract: The aim of the present study was to evaluate the effect of plant distribution on the vegetative, productive and physiological performance of seeds in soybean genotypes in the southern region of Rio Grande do Sul. The test was developed in the field, in two agricultural crops, on a farm located in the District of Monte Bonito - Pelotas (RSBrazil). The experiment consisted of twelve treatments involving two factors: factor A - 3 soybean genotypes (NA 5909 RR, NS 6006 IPRO and NS 5959 IPRO) and factor B - 4 line spacing (0.17; 0.30; 0 , 45 and 0.60 meters). The experimental design used was randomized blocks in a factorial scheme (3x4), with four blocks. Each plot was 2.4 meters wide and 4 meters long. For the evaluations, 0.6 meters were discarded on each side of the plot and 0.5 on each end of the line to serve as a border. The plant population used was 330,000 plants ha-1. For the experimental determinations, 5 random plants of the useful area of each plot were evaluated, with the exception of grain yield, which was evaluated the total useful area of each plot. The experimental determinations carried out to evaluate the vegetative performance were: plant height, stem diameter, leaf area, dry mass of the stem, leaves and total at the stage of full flowering of the crop. To evaluate the productive performance, the following were determined: main stem diameter, final plant height, number of branches per plant, number of pods per plant, number of seeds per pod, mass of one thousand seeds and productivity. To evaluate the physiological performance of seeds were analyzed: germination, first germination count, shoot length and dry matter, root and total seedlings, accelerated aging and emergence in the field. Soybean plants better distributed in the cultivation area, in spacing of 0.17 and 0.30 meters, have higher plant height, stem diameter and productive performance. The use of reduced spacing, 0.17 and 0.30 meters, provides the production of seeds of better physiological quality, and this result is evidenced in years with the presence of rain in the period before the harvest. The distribution of soybean plants has little effect on the vegetative performance of the crop. The NS 5959 IPRO genotype is more sensitive to variations in the distribution of plants in the field. The performance, in general, of soybean genotypes is influenced by the distribution of plants, and this response is dependent on the genotype and the production environment.
Keywords: Glycine max
Crescimento vegetativo
Componentes do rendimento
Produtividade
Qualidade fisiológica
Sementes
Vegetative growth
Yield components
Physiological quality
Seeds
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA::PRODUCAO E BENEFICIAMENTO DE SEMENTES
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Sementes
Citation: DÖRR, Caio Sippel. Produtividade, desempenho vegetativo e qualidade fisiológica de sementes de soja em função da distribuição de plantas no campo. Tese (Doutorado em Ciência e Tecnologia de Sementes) - Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2020.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/7628
Issue Date: 3-Jul-2020
Appears in Collections:PPGCTS: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_caio_sippel_dorr.pdf2,68 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons