Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/4136
Tipo: masterThesis
Título: Caracterização de frutos de araçá (Psidium cattleianum Sabine): composição fenólica, atividade antioxidante e inibição de alfa-amilase e alfa-glicosidase
Título(s) alternativo(s): Characterization of araça fruits (Psidium cattleianum Sabine): phenolic composition, antioxidant activity and inhibition of alpha-amylase and alpha-glycosidase.
Autor(es): Pereira, Elisa dos Santos
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Vizzotto, Márcia
metadata.dc.contributor.advisor-co2: Vinholes, Juliana Rocha
Resumo: Dentre as frutas silvestres da mata Atlântica, o araçá destaca-se pela presença de compostos bioativos, com ação antiproliferativa, antimicrobiana, antienvelhecimento e antidiabética (pela inibição de alfa-amilase e alfaglicosidase). Entretanto, a quantificação e caracterização dos compostos presentes no araçá ainda não foram suficientemente elucidadas. Assim, foram identificados e quantificados compostos fenólicos presentes em diferentes extratos da polpa-casca e da semente de três genótipos de araçá, bem como suas atividades antioxidantes e seus potenciais de inibição de alfa-glicosidase e alfa-amilase. Os extratos obtidos foram fracionados por extração em fase sólida e os compostos presentes foram identificados e quantificados por análise cromatográfica. Não foram verificadas diferenças significativas na inibição enzimática entre os três genótipos, e nem mesmo entre polpa-casca e semente. Os compostos presentes na polpa-casca e na semente, independentemente do genótipo, inibiram a alfa-amilase e a alfa-glicosidase. Os compostos presentes na fração III (flavonoides) destacaram-se pela inibição da alfa-glicosidase e também da alfa-amilase, enquanto os compostos presentes na fração IV (antocianinas poliméricas) e no extrato não fracionado, destacaram-se pela inibição da alfa-glicosidase, com pouca inibição da alfaamilase. Nas frações estudadas, e também no extrato não fracionado, verificou-se maior concentração de ácido elágico, e menores concentrações de quercetina, cianidina-3-glicosídeo, malvidina-3-glicosídeo, e de ácidos vanílico, siríngico, p-cumárico e 4-hidroxibenzóico. Em conclusão, os extratos fenólicos de araçá inibiram alfa-amilase e alfa-glicosidase; os genótipos e a parte da fruta não influenciaram a inibição destas enzimas; os compostos presentes no extrato não fracionado e nas frações III e IV resultaram em maior inibição das enzimas estudadas.
Abstract: Among the wild fruits of the Atlantic forest, araçá stands out for presenting bioactive compounds with antiproliferative, antimicrobial, anti-aging and antidiabetic action (by the inhibition of alpha-amylase and alpha-glucosidase). However, the quantification and characterization of the compounds present in the araçá have not been sufficiently elucidated. Thus, phenolic compounds present in different pulp-peel and seed extracts of three araçá genotypes were identified and quantified. In addition, their antioxidant activities and alphaglucosidase and alpha-amylase inhibition potentials were evaluated. The obtained extracts were fractionated by solid phase extraction and the phenolic compounds were identified and quantified by chromatographic analysis. No significant differences were observed for the enzymatic inhibition between the three genotypes, nor even between pulp-peel and seed. Alpha-amylase and alpha-glucosidase enzymes were inhibited by the compounds present in araçá pulp-peel and seed extracts regardless of genotype. Phenolic compounds present in fraction III (flavonoids) were distinguished by the inhibition of both alpha-glucosidase and alpha-amylase enzymes. However, phenolic compounds present in fraction IV (polymeric anthocyanins) and in the unfractionated extract, were distinguished by the inhibition of alpha-glucosidase, with slight inhibition of alpha-amylase. Ellagic acid was the compound found in higher amounts in the fractions and non-fractionated extract, while quercetin cyanidin-3-glycoside, malvidin-3-glycoside, and vanillic, syringic p-coumaric and 4-hidroxybenzoic acids were present in lower amounts. In conclusion, araçá phenolic extracts inhibited alpha-amylase and alpha-glucosidase; the genotype and the fruit part did not influence the inhibition of these enzymes; the compounds present in the unfractionated extract and fractions III and IV resulted in higher inhibition of the enzymes studie.
Palavras-chave: Extração em fase sólida
Cromatografia
Diabetes Mellitus
Solid phase extraction
Chromatography
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::CIENCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Federal de Pelotas
Sigla da Instituição: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos
Citação: Pereira, Elisa dos Santos. Caracterização de frutos de araçá (Psidium cattleianum Sabine): composição fenólica, atividade antioxidante e inibição de alfa-amilase e alfa-glicosidase. 2018. 91f. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos) - Programa de Pós Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos, Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2018.
Tipo de Acesso: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/4136
Data do documento: 22-Fev-2018
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos: Dissertações e Teses

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO ELISA.pdf1,14 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.