Please use this identifier to cite or link to this item: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/8619
metadata.dc.type: masterThesis
Title: Alimentação de crianças matriculadas em escolas municipais de educação infantil: as recomendações dos guias alimentares.
Other Titles: Feeding children enrolled in municipal schools for kindergarten: the recommendations of food guides.
metadata.dc.creator: Fernandes, Jaluza das Neves Alves
metadata.dc.contributor.advisor1: Gigante, Denise Petrucci
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Linhares, Angélica Ozório
metadata.dc.description.resumo: Há evidências sugerindo que entre todos os determinantes para obter boa saúde, o de maior impacto é a alimentação adequada na primeira infância, sobretudo nos seus dois primeiros anos de vida (Victora, 2016). Assim, os Guias Alimentares são considerados como importantes instrumentos de educação alimentar e nutricional a serem utilizados pelos profissionais de saúde, bem como pela população em geral. O presente estudo tem por objetivo verificar a frequência de crianças que atenderam os Passos para uma alimentação saudável recomendada pelos Guias Alimentares do Ministério da Saúde. Este estudo é do tipo transversal, incluindo crianças de zero a seis anos de idade, matriculadas em cinco escolas municipais de educação infantil de Pelotas, RS. As mães e os responsáveis pelas crianças foram entrevistados na própria escola. O instrumento utilizado para avaliar os alimentos consumidos habitualmente pelas crianças foi elaborado a partir das orientações do formulário de marcadores do consumo alimentar do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (SISVAN), em formato de questionário estruturado com perguntas fechadas. O desfecho deste estudo foi o cumprimento dos Passos dos guias alimentares pelas crianças matriculadas em cinco escolas. Do total de crianças (n=548), 59 (10,6%) tinham até dois anos de idade e 325 (59,3%) eram meninos. Quanto ao número de Passos dos guias alimentares que foram cumpridos pelas crianças menores de dois anos, apenas 3,4% cumpriram oito Passos, e 35,6% não cumpriu nenhum dos Passos avaliados pelo GACB. Entre as crianças maiores de dois anos de idade, 0,2% não cumprem nenhum dos Passos do GAPB e apenas 23,3% das crianças cumpriram quatro dos Passos avaliados. Verificou-se que foi baixa a frequência de realização dos Passos orientados pelos guias alimentares pelas crianças matriculadas nas cinco escolas. Isto mostra a inadequação da alimentação infantil, principalmente no que se refere ao consumo de alimentos ultraprocessados, inclusive, por crianças menores de dois anos.
Abstract: There is evidence to suggest that among all the determinants of good health, the one with the greatest impact is adequate nutrition in early childhood, especially in the first two years of life (Victora, 2016). Thus, the Food Guides are considered important tools for food and nutrition education to be used by health professionals, as well as by the population in general. This study aims to verify the frequency of children who attend the Steps for healthy eating recommended by the Ministry of Health's Food Guides. This is a cross-sectional study, including children from zero to six years old, enrolled in five municipal schools of early childhood education in Pelotas, RS. Mothers and those responsible for the children were interviewed at the school. The instrument used to assess the foods usually consumed by the children was developed based on the guidelines of the food consumption marker form of the Food and Nutritional Surveillance System (SISVAN), in a structured questionnaire format with closed questions. The outcome of this study was compliance with the Steps of the food guides by children enrolled in five schools. Of the total number of children (n = 548), 59 (10.6%) were up to two years old and 325 (59.3%) were boys. As for the number of Steps in the dietary guidelines that were completed by children under two years of age, only 3.4% completed eight Steps, and 35.6% did not complete any of the Steps taken by the GACB. Among children over two years of age, 0.2% do not fulfill any of the GAPB Steps and only 23.3% of the children completed four of the Steps taken. It was found that the frequency of taking the Steps guided by the food guides by children enrolled in the five schools was low. This shows the inadequacy of infant feeding, especially with regard to the consumption of ultra-processed foods, including by children under two years of age.
Keywords: Guias alimentares
Pré-escolares
Nutrição da criança
Consumo alimentar
Food guide
Preschool child
Child nutrition
Food intake
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal de Pelotas
metadata.dc.publisher.initials: UFPel
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Nutrição
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Nutrição e Alimentos
Citation: FERNANDES, Jaluza das Neves Alves. Alimentação de crianças matriculadas em escolas municipais de educação infantil: as recomendações dos guias alimentares. 2021. 104 f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-graduação em Nutrição e Alimentos, Faculdade de Nutrição, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2021.
metadata.dc.rights: OpenAccess
URI: http://guaiaca.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/8619
Issue Date: 28-Jul-2021
Appears in Collections:PPGNA: Dissertações e Teses

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTACAO_JALUZA_DAS_NEVES_ALVES_FERNANDES.pdf1,31 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons